PDA

Ver Versão Completa : Discurso Adquirido



S.Templar
27/09/2006, 12:40
Não costumo discutir política, mas achei este post (http://james.tipos.com.br/bloco_1/item/discurso-adquirido) - do blog de um amigo de minha esposa, consequentemente meu amigo também - bem ****.

O blog é Bette Davis' Eyes (http://james.tipos.com.br/bloco_1) e este é o post:

Discurso adquirido é a coisa certa dita pela boca errada.

Por exemplo: não pude discordar do que o Briguet disse sobre ética (http://briguet.tipos.com.br/bloco_1/item/etica). Ao mesmo tempo, aquilo me incomodou, porque o uso foi contraditório.

Foi para atacar o PT? Até aí tudo bem. Já me preparo para calar a boca quando descobrirem que o dinheiro para a compra do dossiê era público, mas aí vem a intenção estúpida de defender o PSDB, e isso me enoja, viu Briguet? Não por você atacar o PT, o Lula ou o diabo, mas por ver alguém subestimando a minha, a dos outros e até a própria inteligência.

E não é porque eu seja petista, como talvez o Zero (http://zero.tipos.com.br/bloco_1) gostaria de pensar, porque essa afirmação é mais palatável. Basicamente é porque tenho memória e porque sei a qual time pertenço, mesmo desejando pertencer a outro.

Quando Lembo falou da elite branca. Tinha razão, não tinha? Claro, afinal a realidade dos fatos se pôs tão inexorável perante os olhos de todos que não havia mascaramento possível, senão admitir que a culpada de tanta violência, em última instância, é a elite branca e egoísta. O único erro: a boca de quem proferia tal discurso. Um homem que é governador do Estado mais rico do país e diretor de uma faculdade particular.

Outro exemplo: manchete da Folha de hoje. "Vedoin isenta Serra do caso sanguessuga". Puxa, que bom que o Vedoin, que até semana passada era uma grande criminoso, líder da máfia dos sanguessugas, que, aparentemente, ferra com quem pagar menos, inocentou o Serra. Agora posso votar no Serra tranqüilo, ufa!

Mas se Vedoin se atrevesse a defender o Lula, a manchete, quem sabe, fosse: "Chefe da máfia dos sanguessugas defende Lula".

Discurso adquirido também é o Briguet querendo dizer que é da direita. Ou se vangloriando porque é bom sim ser conservador e, melhor ainda, ser reacionário. Veja, caro colega, reagir ao que é ruim e conservar o que é bom, são sim atitudes louváveis. No entanto, o uso dessas duas palavras por si só já é carregado de semântica negativa. Por mais que saiam da sua boca, alguém que, até onde eu sei, não tem postura nada conservadora ou reacionária, continuam sendo mais um exemplo de discurso adquirido.

E a carta de FHC? Mais um exemplo. Se bem que, nesse caso, não dá nem para chamar de discurso adquirido, porque de tanto que muda seus discursos, FHC parece já não ter nenhum. Mas, vá lá, disse o óbvio. Que corrupção é crime etc... "Mas ele tem razão, não tem?" , perguntou-me uma colega. "Sim, de fato, tem, mas de discursos coerentes, adquiridos, em bocas erradas, o mundo está cheio. Você mesma é paga para fazer isso todo dia. Quero ver é coerência de atitudes, aí sim..."

Lula: Detratores não lhe faltam, assim como discursos adquiridos, posturas adquiridas, idéias adquiridas. Por que eu o defendo então? Não é nem por defesa a ele, mas por defesa a mim. Querem me fazer estupidamente crer que estavam certos desde o princípio. Não estavam... Estavam errados desde o princípio, assim como o Lula também está e estava. Quero saber o que vem daqui para a frente. Repetição não admito, nem do último capítulo da novela, apesar de o meu discurso já estar um pouco desgastado.

Que você se iluda em pertencer à direita, Briguet, acho engraçado, pois pé-rapado como é, jamais seria admitido nos círculos da direita. Eles até te usariam na eleição, mas quando seu cheiro de jeca-tatu começasse a exalar, livrar-se-iam de você tal qual Magneto fez com Mística em "X-Men 3".


http://james.tipos.com.br/media/17/20060922_magneto.gif



:up: