PDA

Ver Versão Completa : Kaiser Reich



[Artnus]
22/05/2007, 21:20
Seguinte... eu bison e cad estamos planejando comecar um novo jogo (ja q ninguem mais aparece) nesse cenario:http://forum.paradoxplaza.com/forum/showthread.php?t=223176

Vamos comecar sabdo (se o bison nao for sair =/ e sabado eu tenho prova demanha ou seja nao rola jogar sexta)

Quem mais quer jogar?

Obs: Alemanha ja sou eu

ferdinand
22/05/2007, 22:02
começa a que horas so to livre depois das 21;00 todos os dias

armocore
23/05/2007, 14:03
este mod presta ? qual o fundo historico ?

Sr. Bison
23/05/2007, 15:35
Eu estou gostando muito desse mod, principalmente para aqueles que estão cansados dos cenários manjadíssimos do HSR e do Geddon nos MPs. Esse mod se baseia numa vitória alemã na WWI, e como se as questões territoriais desta guerra nõa fosse resolvidas ...

Harpia
25/05/2007, 11:25
Baixei, interessante, deve ser legal.

Sr. Bison
25/05/2007, 11:47
Que bom, EUA foi dividido em 4 países, eu fiquei com o mais tosco, hahaha. Mas não tem problema, o Sindicato e a Union já vão pro saco rapidinho. O interessante é a Alemanha que se uniu a toda aliança da Áustria, Isso pq a Alemanha é o país mais frágil e vulnarável, entre as grandes nações nos MPs da vida, no melhor dos jogadores ela fica com a Europa e na defensiva pro resto da vida.

No Superpowers, com trocentas House Rules, a maioria ajudando a Alemanha, o Sauron que sabe de cor e salteado, jogar com o eixo e é um player hardcore, só está na defensiva e deverá ficar assim até o final do jogo, isso pq toda a Europa está com ele e tb pq eu de URSS achei que o jogo ficaria mais justo sem uma intervenção soviética, para termos uma noção de como a Alemanha fica vulnerável nos MPs.

Aliás, não foi o Calerom que num jogo sério dele, indicou um exército alemão com uma força de aproximados 150 infs e 40 blindados e mecs e 36 caças ? Na mesma data no Superpowers o Comitern, tem mais de 630 infs soviéticas tudo de 43 com adv art. e 74 de org. e mais 250 chineses de 41 e 43, e cerca de qse 80 só de fighters e 880 de IC soviético, só no final de 43 entram em serviço qse 100 T-34s. Poxa, mas nunca a Alemanha sequer pode pensar em avançar contra tal força, vai ter sorte se não recuar nos primeiros 6 meses, e nunca que a Alemanha chega perto destes números, não há manpower suficiente, e aquela máxima da qualidade alemã vs a quantidade soviética tb não se aplica, após 41, e pq qto mais tempo se passa de jogo, mais as qualidades se equiparam. Isso pq não estou levando em consideração ao IC de 800 e cacetada vs o IC Alemão europeu que fica por volta dos 500 sempre, a propósito, tudo pensando numa URSS vs AXIS, mas no jogo ainda tem o Nigo com o seu IC mágico de 400 de UK, todos os allies , mais os fucking EUA de 800 de IC, ambos já em guerra com o eixo.

Eu tava fazendo um exercício de memória e não me lembro de UM JOGO sequer, com a clara exceção do Cadmiel de Alemanha num jogo, e do Superpowers devido ao setup das HRs com o Sauron, em que num MP o jogador de alemão tenha tido algum sucesso em avançar pela Europa. O Boris chegou perto disso, formou todo o bloco axis em 4 meses de jogo e em julho de 36 iniciou a Barbarossa, junto com o Japão do outro lado, aquele foi a jogo mais periclitante pra mim de URSS, mas no final das contas ele rodou e virou puppet meu, num segundo ele tentou algo parecido, formou todos os axis em 36 e cuidou da França primeiro, mas não conseguiu iniciar a Barbarossa, pq eu tinha terminado com a China em 1 ano tb e pego puppet dela e tb rodou quando ficou no atoleiro da Barbarossa. De resto, todo mundo que se aventurou de Alemanha, ou virou FRG, ou mudou logo de nação, sem exceção rs (alguém lembra ?). Em compensação, os jogadores menos acostumados com o UK sempre vivem, e continuam e continuam nos jogos, reforçando a idéia de que o UK é mais forte que os EUA, principalmente se os jogadores nos axis forem bons e evitarem subir suas beligerâncias, aliás é perfeitamente possível o UK chegar em 39 com mais IC que os EUA, no HSR e até no geddon, sem falar numa invasão na maldita colônia.

Sr. Bison
25/05/2007, 11:59
Em compensação nesse mod a Alemanha já está beeemmm forte, com a maior marinha do mundo, cheio de aliados, a URSS não existe, e a Rússia está fraca cheio de dissent e com 80 de IC. Além disso a Áustria tb está com a configuração de quase da WWI, cheio de puppets e forte e ainda entrou para a aliança com a Alemanha. Não existe aliados, nem Itália, o engraçado tb ficou os EUA, que começam com 30 de dissent e 4 de IC, voltam a ter 30 de dissent no final de 36 e sofrem uma guerra civil podendo se dividir em até 4 nações. Ficou bem interessante, do que aquele easy mode característico.

No frigir dos ovos as nações estão bem mais equilibradas, com exceção da Alemanha que deve ficar forte mesmo, para dar alguma graça nos MPs, formam umas alianças a torto e direito, por exemplo La Plata (Argentina) + Chile , ou Mongólia (34 de IC) + Tibet e por aí vai rs.

O Mod tb é cheio de eventos que tornam um MP interessante, sem falar que acaba com aquela coisa massante dos MPs de sempre saber o que vai acontecer. Tb achei o Mod muito bom para um small fucking nations ou tiny nations tb.

Mesmo com tudo isso, e a Alemanha controlando qse 40% do globo, eu ainda acho que o Kaiser vai rodar, mas seria bem legal ver um MP com vários jogadores onde o de Alemanha une-se com o de Áustria, ficaria bem interessante. Mas se pensarmos que nos MPs o eixo sempre sofre, esse mod deixou as coisas mais instigantes.

Nesse mod rola um UK vs EUA e Japão vs EUA facinho. Até EUA + Japão numa aliança.

PS: a quantidade de blueprints pra Alemanha tb é uma coisa assustadora.

Harpia
25/05/2007, 12:36
Ainda não joguei, só dei uma olhada, mas parece bem interessante mesmo, com mais possibilidades e opções.

[Artnus]
25/05/2007, 19:59
Opa como assim o Kaiser vai roda *e o kaiser* isso e uma ameca direta bison???

Sr. Bison
28/05/2007, 03:49
O Kaiser vai rodar ... de forma direta ! :cool:

Aliás eu estou com uma meda da Kriegsmarine ... Engraçado não tem jogo MP que alguém consiga deixa a Kriegsmarine forte, pelo amor de Deus, o máximo que eu vi foi o Sauron, dando uma de Doenitz com seus Uboats no Superpowers e mesmo assim foi temporário. No Cold War o Artnus fazia navios , eu afundava, fazia navios eu afundava, mas ele só desitiu, ou melhor foi convencido pelo Spy a parar de encarar o Atlântico Norte , quando a principal frota dos EUA que tinha 45 Iowas e 22 Avanced Carriers, mais uma centena de BBs, BC e HCs e outra centena de navios menores.

Nesse mod, o Canadá está com uma frota a lá UK, e como a Alemanha tomou DOW do Japão, Canadá, EUA, UK e França, naturalmente nada da Kriegsmarine sobrevive. Nos mares.

Sr. Bison
28/05/2007, 03:57
Outra coisa, eu não disse que o Kaiser vai rodar, eu disse que a Alemanha ivariavelmente SEMPRE roda nos MPs, independente até da quantidade de jogadores nos axis, porém neste mod as coisas ficaram interessantes , pq deixaram a Alemanha e a Áustria muito fortes, o que deixa o jogo mais equilibrado.

Convenhamos, nos MPs da vida, a Alemanha nunca consegue fazer nada, com exceção dos dois casos que já citei e tb pq no primeiro caso houve um Bisonov-Cadtrop e no segundo, HRs que ajudavam a Alemanha, nos demais não teve um jogo que o jogador conseguisse ir pra frente de axis.

armocore
28/05/2007, 07:59
este é o custo de estar no meio da batalho, sendo atacado pelos dois lados.

É tarefa para mestre fazer com ela sobreviva, pq paz recebendo territorios será quase impossivel, hehe. Tanto Aliados quando URSS não cedem nada. Mas pelo que vi deste mod, a chance é muito maior, só que tem que ser rápido e rasteiro, hehe, Blitzkrieg x 10.

Sr. Bison
28/05/2007, 12:52
É neste mod cabe algumas considerações ainda, pra ver se dá pra já ir mandando ver, mas pelo que vi até agora se a Alemanha sair mandando DOW sozinha o front emperra nos aliados, mas a Áustria pode entrar pra aliança, aí eu acho que dá pra avançar.

Já no jogo normal, a Alemanha já não encara a URSS, MESMO sem os aliados pra encher o saco do outro lado, pra falar a verdade em vários jogos a França, Bélgica e Holanda rodaram, a Espanha entrou pro eixo, o jogador alemão aí se voltou para a URSS, iniciou a Barbarossa e tomou ferro do mesmo jeito, em 3 eu estava de URSS e 2 ela era AI. Depois ficou provado que se a França for AI é possível ir direto pra URSS.

O jogador de URSS tem várias possibilidades de estratégia contra o eixo, caso não haja HRs limitando DOW, ele em 36 decide se vai pra China ou Polônia, forçando o jogador Alemão a decidir sua vida, se for pra China, nasta esperar a paz entre as Chinas, chamar a comunista e DOW na China Nacionalista. a URSS deve pegá-la como puppet em 1 ano. Depois disso só o pó de qualquer um que ousar enfrentar a URSS.

Caso a URSS vá contra a Polônia, o segredo é não DOW nela e sim tomar uma DOW dela, o que é perfeitamente possível em vários casos, ainda em Fev de 36, aí é moleza pois ela nunca entra pro eixo e a Romênia muda de lado indo pro Comitern. Mamão com açucar. No HSR então é mais fácil.

Se houver HRs que limitem as DOW e force o jogo ser histórico, há várias vertentes, pelo menos que eu e o Cad já discutimos :

- fazer IC na Sibéria, dar upgrade no exército todo a partir de 40, todas infs com art. . Nesta vertente vc fica vulnerável na primavera de 40 ao inverno de 41, então deixe suas tropas longe do front com a Alemanha, pra não tomar uma Blitz e encirclements, nunca deixe tropas na beirada bem na fronteira, deixe tropas atrás das tropas do front tb , evita os panzers safados correndo, mas mesmo assim, a idéia é só segurar. De URSS se seguir isso só fazendo IC e depois dando upgrade, vc terá cerca de 130 divisões, mas só faça divisões novas DEPOIS que tomar uma DOW da Alemanha , ou qdo isso for iminente ou quando chegar o outono de 40.

A idéia é simples, mesmo o Alemão avançando até o rio Volga e pegando TUDO a oeste dele, ele só vai capturar cerca de 16 de IC, e vai levar até o inverno de 41 pra fazer isso, lembrando que nesta vertente a URSS deve estar com cerca de 550-600 de IC no mesmo período. Contra ataque no inverno de 41, nesse meio tempo , colocando 45 divisões a cada 55-60 dias, não tem nem para a mais forte das Alemanhas. Se ele forçar Bitter Peace, aceite e DOW logo em seguida. Caso o Alemão não ataque e espere a primavera de 41 pra fazer a Barbarossa, como vc começou a fazer tropas no inverno de 40, com um manpower pool de 4750, a URSS deve estar mais ou menos com 550 divisões, tornando a Barbarossa inviável ou suicídio

- dar disband em todo o exército, fazer IC na Sibéria, começar a fazer divisões no começo de 1939. Pra mim é a melhor opção. Como o jogo é histórico a Barbarossa não costuma começar, antes da França cair, assim caso, a Barbarossa se inicie na primavera de 1940, a URSS já vai estar com cerca 380 divisões tudo de 39, com art., ou seja, é mais façil a URSS avançar do que o eixo avançar. Caso, por intervenção divina ele avance, use a mesma tática de segurar até o rio Volga e sempe contra-ataque.

Neste cenários, é essencial não tomar encirclements, então é necessário tropas atrás do front. Estar com a land doutrine em dia, e explorar a fraqueza do exército alemão que é o já testado ataque em alta organização + baixo número de divisões alemãs, então SEMPRE que o jogador alemão cometer o erro de colocar blindados junto com infs no front, ataque com um número grande de infs, mesmo que vc perca, a idéia é forçar o strengh das infs alemãs, pois o combate não termina e pior fica a favor da URSS, mas é vencido pelos panzers, guerra de atrito. Se os aliados estiverem morosos, DOW neles para colocá-los em economia de guerra.

Bem, depois de um número razoável de divisões, cerca de 550, desloque 150 pra China e DOW nela, após ela ser puppetizada em cerca de 1 ano, o Comitern terá cerca de 850 divisões.

Agora nós estamos levando em consideração que os aliados são inéptos, porque se tiver um jogador bom ou o UK for AI, aí as coisas complicam mais.