PDA

Ver Versão Completa : jogo MP - A síndrome alemã se repete no Kaiser



Sr. Bison
12/06/2007, 23:02
Bem , tecnicamente no jogo as nações mas poderosas a se jogar com HRs livres seriam em ordem decrescente : UK, EUA, URSS, e Alemanha. E com HRs atrelando um jogo histórico, seriam: EUA - UK, URSS, e Alemanha. Nisso não há novidades que o UK sempre foi a nação com mais potencial, inclusive matematicamente com um IC em 1940 superior ao americano se o jogo não é histórico, ficando evidente isso no HSR.

Tb não é novidade que nos jogos MP, a Alemanha roda rápido, ou caso o jogador seja muito bom e faça um plano de longo prazo, fique se defendendo apenas, segurando a Europa, ou tentando. Porém o patch Kaiser saiu, onde a Alemanha está com um poder avassalador, e como se não bastasse, a Aliança da Áustria se une com a da Alemanha, o que forma um bloco mais forte que todos os AXIS juntos no HSR, pra se ter uma idéia esse bloco ao ser formado, fica com quase 500 de VPs ... rs, no ato.

Outro ponto é que os EUA começam com 4 de IC, estão com um terço da força apenas, com 170 de IC em economia de guerra, e ainda se dividem em 4 nações, parrudas, numa guerra civil. A Rússia é uma sombra da URSS, tem 160 de IC e pouca força tb. o UK tb está fraco, sem recursos numa aliança só com a França de decente. Mesmo com todo esse vácuo de poder, entra ano e sai ano, lá está a Alemanha no mesmo processo. de conquista da Europa e defesa dela pro resto da vida.

O Artnus, perdeu tudo na Ásia, tudo no pacífico, vai perder toda a África, o México tá no bafo ( e olha que me atacou na trairagem pura, por causa de um coup do Artnus), A Argentina tá no bico do corvo, o mar é dos americanos canadenses e UK , como sempre. Em compensação a Alemanha é suprema na Europa, pegou a França, Itália, e o resto entrou pra aliança. Ou seja, patch sim , patch não, o jogo se repete, e lá vai o Artnus ficar o resto do jogo se defendendo na Europa.

Parece uma síndrome da Alemanha, não tem como, o pior é no HSR, aonde a URSS é animal e o UK fica muito forte expulsando a França da aliança. A cada jogo que jogo, eu acho que ficar no olho do furacão é fria rs.

ODIN
12/06/2007, 23:54
O problema da alemanha é a posição geografica, na medida em que ela vai tomando a europa vão se aprindo os pontos vuneaveis... depois é um deus-nos-acuda pra cobrir as brechas...

Sr. Bison
13/06/2007, 04:03
Sim, ao mesmo tempo que ela fica no meio da posição mais rica do mundo, ela fica no meio do samba do crioulo doido. Mas veja bem, pelo menos no Superpowers eu não achei legal me atirar em cima do Sauron de Alemanha, porque ia ficar uma coisa muito desequilibrada, mas mesmo qdo a URSS é AI, o UK por exemplo pode ficar mais poderoso que a Alemanha, com mais IC, e superioridade naval e aérea e liderança tecnológica garantida sem grandes problemas.

Como se não bastasse, o UK pode promover guerra ao redor do Globo, como por exemplo criar uma América do Sul toda puppet britânica e ficar cada vez forte, e forte, assegurando cada vez mais rare materials, brincando ao redor do globo, enquanto que a Alemanha fica ali na Europa, só se defendendo e reforçando os pontos, pro resto da vida. Num jogo de HSR, com o Cad, eu peguei o UK e queria testar exatamente isso, e o Cad o Japão, como é possível o UK no HSR entrar em guerra antes do meio de 1936, TODOS os allies entraram em economia de guerra na respectiva data. A força que o UK conseguiu em 4 anos nessa economia, foi violenta. O AI de Alemanha derrotou rapidamente a França que não estava nos allies, mas nesta mesma data o UK somava mais de 450 de IC, subindo rápido, com uma baita marinha e frota aérea, e o principal , zilhões de tonelatadas de rare materials e positivo.

Eu sei que 1300 de IC do EUA, precisa de pelo menos 450 de rare material do fornecido pelo Japão e mais uns 250 do UK dependendo da configuraçãodo jogo, ou seja 700 de IC sustentado por outros ... pois bem ... o 1300 de IC do UK pode ser auto sustentável, com a conquista da Indochina, mais os zilhões de rares materials acumulado ao redor do mundo. Por incrível que parece num jogo não histórico o UK tem mais potencial industrial rs... se o EUA for AI então, ou a URSS, nossa , sabe-se lá aonde isso acaba. Enquanto isso a Alemanha não passa da barreira de 515 de IC, não adianta, sem o Japão na aliança , só vai até 515 IC com os rares europeus mais os escandinavos.

Outra coisa, no meu entender no HSR , com um player bom de UK, nem precisa de um player de URSS, A Alemanha nem ganha da França, quanto mais conquistar a Europa, isso se o UK quiser se meter na Europa, o que no meu entender não é o melhor. Teve um jogo que um monte de gente estava jogando nos axis e outro tanto nos allies. O jogo era histórico, e chegando em 1939, na França tinha mais de 350 divisões allies, tudo atualizado , do melhor, imagina a quantidade de avião. Nesse jogo tinha uma house rule que dizia que a primeira DOW seria da Alemanha e não havia data para isso, os jogadores axis continuaram, e a Alemanha não DOW, mas quanto mais tempo passava pior ficava a situação, pois o AI de URSS iria DOW na Alemanha , porque o UK conseguiu chamar a Polônia pros allies e não haveria Molotov-Ridentrop, até que os jogadores axis desistiram sem nem uma DOW no jogo.

Agora, tudo isso parece se repetir no Kaiser ... rs.

Harpia
13/06/2007, 07:44
Muito boa análise.

Concordo, jogar com a Alemanha é ficar no olho do furacão.

ODIN
13/06/2007, 09:18
Sim, sim, vc está certo Bison.
Muita gente pode achar que a UK e a França tão fodanas assim é muito ahistorico, mas não é não. É só lembrar que a política de apaziguamento aliada foi a grande causadora das vitórias iniciais alemãs, e por conseqüência de sua própria derrota inicial. Eles não queriam uma guerra e não estavam preparados para uma.
Nos jogos SP com as regras da IA isso não fica muito evidente, tem-se a impressão que o jogador de Alemanha é que é o bonzão quando na realidade é a IA que fez todo o trabalho.

arthurs
13/06/2007, 13:23
Como odin falou, a alemana nunca esteve pronta para sustentar o blitzkrieg, suas fabricas nunca foram suficientes para suprir a demanda da doutrina, apesar dos alemães terem total controle dela, e ela ser em muitos aspectos exepcional, (aplicada até pelos eua na tempestade do deserto).
O sucesso da campanha da franca, se deu em parte por muitos motivos, entre eles estao os tanque checos capturados, e na confianca da liha maginot(a linha, ao contrario do que muitos pensam, fucionava bem, tanto que confrontos diretos com ela foram repelidos, o problema era sua deficiencia em alguns pontos que posibilitaram flanquea-la).

Atacar a urss com a tatica blitzkrieg, exigeria uma enorme quantidade de recursos, oque a alemanha não tinha condicoes de arcar(suas fabricas eram bombardeadas desde do primeiro dia da guerra.)

Mas eu admiro a cultura do povo alemão, não babo, nem em rendo a ela, so adimiro, perderam 2 guerras e continuam sendo a 3 maior economia do mundo.

Der Meister
13/06/2007, 14:04
a blitzkrieg nao era aplicavel a URSS
a infraestrutura na Rússia é péssima no outono/inverno, o que imobiliza o ataque

arthurs
13/06/2007, 18:13
Aí que você se engana, muitos dizem isso, oque realmente dada a situacao da Alemanha da epoca ela nao era aplicavel a URSS. O grande problema é que a blitkrie requer uma enorme quantidade de recursos, e a alemanha não tinha estrutura para isso. ela avancou muito bem mas empacou, poderia ter ater suportado mas a luftwaffe nao tava conseguindo repor.

De qualquer forma, realmente tem estrategias mais eficientes para a russia, mas a blitkrieg poderia ter fucionado sim.

Sr. Bison
13/06/2007, 18:28
Lembremos senhores que a Britz nada tem a ver com a velocidade do avanço e sim com a disposição do exército, no avanço e outra coisa ela foi inventada pelos britânicos e de acordo com a escola inglesa e com o próprio Guderian a defesa elástica ou a defesa em profundidade eram extremamente eficientes contra a Blitz, sendo a longo prazo, bem mais viáveis e econômicas que a doutrina alemã. Rommel também já tinha alertado o OKW, das fraquezas da Blitz diante de uma defesa elástica junto com a em profundidade, alegando sempre que o contra ataque nos flancos e as perdas nunca compensaram.

Um exemplo clássico de contra Blitz, foi a batalha de Kursk, onde os soviéticos deram um piau nos alemães, fazendo o próprio jogo dos alemães, foi a maior batalha de blindados da época, bem móvel e por inúmeros motivos foi um desastre alemão. MAS nessa batalha foi bem doutrina alemã , vs a soviética.

A Blitz é muito supervalorizada as vezes.

Sauron
13/06/2007, 20:12
A Blitz é muito supervalorizada as vezes.
Culpa dos Franceses...:lol:

tedesco
13/06/2007, 20:54
Culpa dos Franceses...:lol:


hahaha... Comentário completamente do mal... :lol:

E quais foram as táticas utilizadas contra os italianos? Acho que até a tática Brasileira (tinha?) devia dar conta... hahaha

Italianos nas duas guerras mais atrapalharam do que ajudaram oa alemães.

Der Meister
13/06/2007, 22:02
Acontece que a Blitzkrieg prescisa ser rápida. Se demorar mais de 4 semanas o país atacado tem condições de montar uma defesa. Por isso ela funciona bem em países pequenos-médios (vide Polônia e França). Já a Rússia é imensa, e no outono/inverno as estradas ficavam encharcadas, lamçentas, ficando muito difícil transportar suprimentos/reforços por terra.

Teve uma história que um avião inglês tava caindo e pousou forçado em uma ilha. Os dois pilotos mal saíram com os seus 38's do avião e a guarnição italiana já tinha saído do esconderijo de mãos pra cima haha

Sauron
13/06/2007, 23:21
Bom, a Blitz é efetiva, mas somente nos casos onde a nação atacada fique tão horrorizada com as altas perdas sofridas, que prefira se render a sofrer ainda mais casualidades.

Durante a Blietzkrieg na França as baixas militares no lado Francês somaram 212.000 e as Inglesas 190.000

Isso é somente as baixas militares, sem contar as civis.

Em comparação, nas 2 primeiras semanas na Rússia a Blitz ceifou a vida de 1 milhão e 200 mil soldados.
Ao final da Guerra a Rússia tinha perdido a impressionante marca de 10 milhões e 700 mil homens, se contarmos com as baixas civis chegamos ao horripilante número de 28 milhões de casualidades.

Podemos dizer que a blitz não funcionou na Rússia? Pelo contrário, funcionou muito bem, mas não importava quantos os Alemães matassem, sempre aparecia no mínimo mais dois para substituir aquele que tinha morrido.

E pra lutar uma guerra de atrito, a Alemanha não tinha como...

Sr. Bison
14/06/2007, 02:04
Mas cabe salientar uma coisa, já disse isso em outro tópico e vou repetir : A blitz só teve sucesso largo no número de baixas vs número de inimigos mortos no começo da Barbarossa, passadas 3 semanas o exército soviético já havia se reorganizado e outro ponto importantíssimo : EM TODAS as grandes batalhas do front leste o número de baixas foi similar para ambos os lados, até mesmo na famosa Stalingrad, pior ... no final de 1943 , as baixas soviéticas eram em torno de 20%-30% inferiores, e piorava pros alemães a cada momento. Só para termos uma idéia, na batalha de Berlin que foi o ápice de resistência fanática dos alemães, a Alemanha perdera 18,5% da sua força defensiva em KIAs enquanto que os soviéticos em torno de 2%.

Outra coisa , Blitz não tem nada a ver com velocidade, DIOS MIO ! E sim na disposição do exército ao avançar. Até nas edições da Renes isso é falado exaustivamente, em vários livros da coleção. Tem gente que por ignorância associa BlitzKrieg , Guerra-Relâmpago, à uma guerra rápida, de avanço rápido e avassalador, o que é mentiraaaaaa ! O nome Blitz não veio da velocidade do avanço, aliás quando ela estava sendo desenvolvida só havia os teco tecos da 1 guerra, e nem tanque decente havia ! Ela veio na disposição e comportamento que as setas de avanço no mapa apresentavam, muito similar à um relâmpago procurando um ponto de valor e se ramificando em busca de sub-pontos.

A questão principal da Blitz, é achar um ponto fraco na linha do inimigo, concentrar força ali, romper a linha, avançar rápido sem ASSEGURAR território, correr para os pontos estratégicos atrás da linha (como pontes, vilas, cidades , depósitos etc) e assegurar esses pontos, pois assegurando-os tecnicamente os territórios não precisariam ser assegurados pois o inimigo precisaria contra atacar e tomar os pontos estratégicos antes de querer refazer a linha do front antigo. Há inúmeras variantes aqui, e antes que comece uma discussão nisso, vou retomar o ponto principal, o nome Blitz foi dado pelos britânicos, pois vendo a disposição das setas de avanço no mapa e como elas se comportavam, ficava muito parecido com um relâmpago, aí o nome, porém ela também era chamada de árvore, ou avanço em árvore, e seu nome de nada tem a ver com a velocidade do avanço em si. Posteriormente, ficou evidente que quanto mais rápido o avanço, maiores eram as recompensas, pois o inimigo atordoado tinha pouco tempo para organizar alguma coisa.

Na URSS a blitz não funcionou por inúmeros motivos que acho que a maioria deva saber, mas o pulo do gato, era que a cada ponto de avanço alemão no front, o soviético contratacava o flanco, e corria direto para os pontos estratégicos, no fundo da linha, ou seja, defesa elástica e defesa em profundidade na lata, e a Blitz sempre sofria com isso, vide Kursk o pau que tomaram lá !

ODIN
14/06/2007, 08:13
Nossa, isso tá totalmente OFF-TOPIC denovo...
:lol::topic::lol:

Harpia
14/06/2007, 09:07
hahaha... Comentário completamente do mal... :lol:

E quais foram as táticas utilizadas contra os italianos? Acho que até a tática Brasileira (tinha?) devia dar conta... hahaha

Italianos nas duas guerras mais atrapalharam do que ajudaram oa alemães.

Na primeira guerra a Itália lutou, e muito bem diga-se, do lado dos Aliados.

Somente na Gegunda é que a Besta do "Pastolino" fez a besteria que fez, nenhum italiano queria lutar ao lado da Alemanha, esta é uma das razões de se renderem logo na primeira oportunidade.

nigo
14/06/2007, 10:29
Italianos nas duas guerras mais atrapalharam do que ajudaram oa alemães.

a italia na primeira guerra mundial lutou ao lado dos aliados


na 2ª guerra apesar de muitos fiascos, fizeram muitas coisas dignas de coragem, como na 2ª batalha de El Alamein. Onde 2 divisões italianas lutaram ate o ultimo homem e tanque para que o Afrika Korps pudesse dar um retreat.


e sobre o jogo, coloquem outro jogador de alemanha, artnus no maximo tem que jogar de Sião hahahaha

tedesco
14/06/2007, 11:30
Na 1° a Itália começou na rplice Aliança. Depois foi pra entente.

Sr. Bison
14/06/2007, 11:50
:up:
Nossa, isso tá totalmente OFF-TOPIC denovo...
:lol::topic::lol:

Não tem problema não, desta vez o tópico é meu, e como geralmente os posts vão off ou on topic, até que o dono do tópico se manifeste ou que o moderador intervenha caso necessário, o assunto vai mudando as vezes de forma natural. :up:

ODIN
14/06/2007, 11:54
:up:

Não tem problema não, desta vez o tópico é meu, e como geralmente os posts vão off ou on topic, até que o dono do tópico se manifeste ou que o moderador intervenha caso necessário, o assunto vai mudando as vezes de forma natural. :up:
Ok, ok, ce é moderador mesmo...;)

Sr. Bison
14/06/2007, 11:57
Na segunda guerra, a Itália foi oque chamamos de apoiador moral rs, mas o que o Nigo falou está certo, se os italianos não fossem bem vindos como força, não estariam no norte de Stalingrado, tentanto evitar o flanqueamento pelo norte, junto com os romenos e húngaros.

Harpia
14/06/2007, 12:59
Na segunda guerra, a Itália foi oque chamamos de apoiador moral rs, mas o que o Nigo falou está certo, se os italianos não fossem bem vindos como força, não estariam no norte de Stalingrado, tentanto evitar o flanqueamento pelo norte, junto com os romenos e húngaros.

Procurem sobre o desempenho das Truppe Alpine, apesar da ignorância de colocá-las em terreno não montanhoso, elas imobilizaram uma boa parte do exército soviético em Stalingrado.

ODIN
16/06/2007, 15:03
Voltando ao topico original...
Em um jogo MP historico é possivel vencer de alemanha? To achando que no maximo da pra arrancar um empate tecnico, isso com um jogador expert na alemanha.

Phack
16/06/2007, 16:33
Sei lá.. Acho que o foco desse jogo é mesmo o pós segunda guerra

nigo
16/06/2007, 17:30
Voltando ao topico original...
Em um jogo MP historico é possivel vencer de alemanha? To achando que no maximo da pra arrancar um empate tecnico, isso com um jogador expert na alemanha.

depende dos players, dos acordos que os players vao fazer...

sempre rola uns tratados de nao agressão.

Sr. Bison
16/06/2007, 20:05
Eu diria que sempre rola esses tratados, de modo a haver algum equilíbrio entre as forças no globo. Mas empate técnico, só se a Alemanha ficar jogando contra um lado apenas , por exemplo URSS ou Allies e o jogador precisa ser muito bom mesmo. Caso um desses lados seja AI , aí o negócio complica. PQ os dois lados irão contra a Alemanha.

Como se pensa em jogo a longo prazo, por exemplo, a URSS pode querer deixar a Alemanha lá no Europa, pois se ela caísse, como ficaria a configuração do jogo ? Todos os allies + EUA contra URSS ? No meu pensar é melhor ficar todos os allies + EUA contra URSS, com a Alemanha no meio da Europa contra eles tb, ou pelo menos neutra, no caso comigo jogando de URSS. Do mesmo modo, se o EUA fizer sua própria aliança, pode-se ser o caso de derrotar a Alemanha de URSS.

No mesmo pensamento eu de UK, deixaria a Alemanha, lá como uma concorrente da URSS, enquanto cresço em outros locais do globo. Mesmo assim, nos MPs sempre rola umas DOW eternas e guerras claramente declaradas e francas, foi o meu caso de EUA contra o Spy de URSS e agora o Spy de EUA e eu de URSS, entre a gente não tem acordo rs. Assim como no Kaiser não há acordo entre eu e o Artnus ... vai ser assim até o final ...

ODIN
16/06/2007, 20:15
Entendo... só as house ruler para proteger o jogador de alemanha em um MP historico...

Sr. Bison
16/06/2007, 20:22
Depende ... tem as HRs made in Portugal, essas só complicam a vida rs. Mas sempre que houver HRs, há formas de usá-las ao seu favor, inclusive contra a Alemanha.

Sauron
16/06/2007, 21:03
Olha, eu acho que a Alemanha tem uma chance siim, mas precisa de alguns elementos favoráveis pra que isso aconteça:

1) Tenha um bom player jogando de Itália.

2) O Japão também tem que ser controlado por um player.

3) Entra na Rússia em 40, e junto com o Japão força uma Bitter Peace.

A idéia é que a Itália faça barulho suficiente para que a Inglaterra tenha com o que se ocupar, e deixe a Alemanha livre para cuidar da Barbarossa sem ter que lutar em 2 fronts.

Muito embora a Bitter Peace não seja um grande impecilho para um bom jogador comandando a Rússia, ela permite que a Alemanha tenha um tempo precioso para botar uma poderosa frota no mar fazendo frente aos Allies.

Sem poder pelo menos poder encarar de frente a força naval dos aliados, a Alemanha estará condenada à prisão de luxo da Europa e não terá como atacar a sua principal fonte de problemas, que é a Ilha da Grã-Bretanha...

Isso é claro, sempre jogando com HR, porque senão a Alemanha nem chega a conquistar a França...

berndt
16/06/2007, 23:30
putz agora eu fiquei meio confuso... mas vou tentar explicar o meu modo de ver a guerra real, e a no game...

na vida real a vitória alemã era possivel sim... não uma vitória para alcaçar os mares da sibérias... mas um vitória como na do game em q stalim "reparte" a russia com os alemãs... isso é fato.. a guerra chegou a um ponto em 42 e 43 em q ambos os lados estavam exaustos e ond um fizece o movimento certo, venceria a guerra.. os dois exemplos q cito são stalingrad e posteriormente kursk... em stalingrad se não fosse as intervenções de hitler fazendo com q o exercito principal se socace dentro da cidade, jamais q os russos teriam conseguido cerca-la e prender todas aquelas forças alemãs la para perecerem como animais... era fato.. a vitoria na cidade viria.. bastava mais algumas semanas até os ultimas 150m fossem dominados... com isso como ja citei em outro tópico a principal rota de acesso da URSS a seus suprimentos estaria fechada e muito mais cedo q se pensa a URSS iria perecer e ser forçada a alguma forma de diplomacia com hitler... logo uma vitoria nessa situação era possivel sim...

ja na batalha de kursk, foi outro fato bem decisivo.. ao contrário do q muitos pensam stalin ja via q o numero de baixas (apesar dos dados trazidos por Bizon) ja era insustentavel mesmo para a russia e sua população "infinita"... 22 milhões de vidas ja era de mais ... mesmo pra URSS,e nessa batalha caso os alemães tivecem uma vitória avaçaladora, os russos seriam obrigados a recuar e posteriormente tentar um acordo com os alemães.. no site midia independente tem uma materia de um diplomata bulgaro q foi chamado por stalin para q esse fosse falar com hitler em uma suposta paz entre as duas nações... e desculpe te contraria bizon, mas eu não creio q as baixas militares alemães tenham chego a superar as russas antes de metade de 44... ja q até esse ano a ss, outras divisões ja veteranas, mesmo em grande desvantagem sempre botaram baixas terriveis aos russos... kursk foi uma "derrota" para os alemães devido a capacidade russa de reposição... eram quase 5000 veiculos russos para um poco mais q 3000 alemães...sendo q as forças russas em numero de soldados estavam em superioridade de quase 10 ou 15 pra cada alemão, logo na melhor das hipoteses ou eles recuavam bruscamente pra tentar uma defesa mais as hordas de kiev, ou eles batiam de frente e tentavam acabar com uma parte significativa das forças russas com o minimo de perdas... mas não foi oq aconteceu... apesar de destroçar uma parte significativa do exercito russo, suas tropas ficaram literalmente no "bagaço", logo, foi mais um atrazo doq uma vitótia... então creio eu q se não fosse tanto as intervenções de hitler com ou sem blitz as forças alemãs seria vitoriosas.. isso foi visto, na áfrica, na russia, na noruega e de inicio em dunquerke!!!

mas sobre o game.. basta ter um bom jogador... a vitória é possivel sim... e depender quem for o player com a URSS tb neh...

Sr. Bison
17/06/2007, 19:54
Berndt, com todo o respeito discordo inteiramente de VC, em Stalingrad a situação já estava perdida bem antes de Paulus pedir a retirada do exército alemão, recusada pelo Hitler. Aliás o caras, nem conseguiram assegurar uma margem do Volga, quanto mais, atravessá-lo, um absurdo.

Depois de Stalingrado, o exército alemão perdeu a iniciativa na guerra, o "momentum" acabara, dali pra frente a Alemanha só respondeu aos movimentos do exército vermelho, Em KursK, anos depois, a situação no front leste já era desesperadora, pois a URSS não só tinha a iniciativa, como a saliência no front de KursK só foi criada, porque os soviéticos agora se davam o luxo de escolher quando lutar.

Quanto às baixas tb discordo, aliás a Wikipedia discorda tb de vc, em tudo, a coleção Renes tb e por aí vai ... rs, desculpe, a Wiki não mente quanto ao número de baixas nem à população da URSS na época e já que falaram isso, a URSS tomou cerca de 23,6 milhões de mortos totais a Alemanha tomou 7,5 milhões, proporcionalmente à população de cada país as baixas foram URSS - 13,4 % e Alemanha 10,7 % , não sei quanto a vcs, mas eu não sinto fé que 2,7% de diferença de mortos vá fazer uma nação com 175 milhões de habitantes e do tamanho de metade da Ásia se preocupar com baixas desiguais, ainda mais quando as coisas funcionam na URSS e na ALemanha está sendo destruído pelos bombers raids dos allies ... .
http://en.wikipedia.org/wiki/World_War_II_casualties

E no jogo eu me prontifico a ser a URSS, e o Cadmiel o UK e vermos QUEM consegue arrancar uma Bitter Peace comigo, mesmo com as HRs do Superpowers...

berndt
17/06/2007, 21:23
nunca falei em ir alem do volga... dominando por completo uma porção de uma dar margens mais ao sul e os russos estavam perdidos.. a situação só fico totalmente perdida quando todo o 6º exercito foi enviado para tomar a cidade de assalto... antes disso fontes de própios hitoriadores (vide THC, ) falam q era questão de tempo stalingrad ser completamente domindada pelas forças alemãs q la ja atuavam... não era nescessario a entrada total de um exercito na cidade.. logo como todos sabem os flancos ficaram frageis e os russos fizeram a festa... logo com a queda da mergem do volga em satlingrad, coisas basicas como comida, sapatos, capsulas para progeteis, o rico outo negro da região do caucaso e uma parte significativa da produção russa estaria isolada do resto do territorio pelo mar caspio... e vide com isso a russia cairia em questão de meses.. logo uma vi´tória era possivel sim... e não havia a nescessidade de se dominar nem metade de todo o territorio comunista....
sobre as baixas para a alemanha eram significativas .. afinal claro seu pólo produtivo e populacional estava sob bombardeio intenso dos aliados... e vc diz q as baixas russas não preocupavam stalim!?.... sinceramente sabe quanto homens são nescessarios para manter 1 unico soldado no front!? na logistica americana era nescessaria um minimo de 13 pra tirar só do continente, agora para atravessar o oceano e mantelo na europa era quase q 23... o caso da russia não devia ser muito diferente, ja q eles trouxeram muitas de suas forças de toda uma nação imensa.. então imagine.. 22 milhões de baixas!!! em uma nação q ja estava em seu limite de produção, com uma porcentagem significativa da mão de obra qualificada no front, batalhando e morrendo, e ond o trabalho infantil em turnos muitas vezes de mais de 18 horas era comum.. imagine isso... fora o detalhe q 100% da produção era pra fins militares... plantações, inteiras foram abandonadas para q seus agricultores fossem trabalhar nas fabricas dos urais, a russi só produzia armas e soldados... mais nada... o land lease aliado não foi só botas e acessorios para os soldados.. foi boa parte da comida q os russos consumiram ao longo de dois anos, como essa guerra iria andar sem esses land leases?! ja q a população estava nas fabricas e cada dia mais se recrutavam os homens e mulheres em idade hapta a trabalhar!? não sei se consegues ver mas a alemanha parou de produzir pq estava sendo bombardeada e em uma guerra de trs fronts... e mesmo assim deu uma surra em todos q tentaram passar por ela, a russia encarava só a alemanha, e tomo muito soco na cara até conseguir se levantar com a ajuda de paises " amigos" de outros continentes... logo o numero de baixas assustavam sim os russos e uma paz seria muito melhor doq ter de se arrastarem até berlim.. e terem 300mil baixas para tomar os escombros do "reich"....q era defendido por unicamente fanaticos, mal armados e mal equipados...

Sr. Bison
18/06/2007, 02:00
Pra começo de conversa na Batalha de Berlin , a URSS sofreu 81.000 KIAS e não 300.000, a Alemanha sofreu 173.000 KIAS. Segundo, na batalha de Stalingrado o número de baixas foi SIMILAR para ambos os lados e já mostrei isso inclusive o link !!

Terceiro querendo ou não, ninguém marchou sobre Moscow, Leningrado e muito menos em Baku, a URSS se tornou o maior país em extensão territorial da história, com o maior exército da história, maior força bélica, e ainda o maior arsenal nuclear do mundo e se não é os EUA ameaçando um holocausto nuclear, toda a Europa ia pro saco, isso de um país agrário, atrasado que na década de 20 nem estava na mesa de negociação da Europa, que se libertara de um sistema ainda feudal no século 19. Pois bem ... o que se espera se um país arcaico, com instituições fracas no começo da Barbarossa ? Uma surra, pelos alemães evidentemente.

O que se espera quando alguém menospreza todo esse potencial adormecido, uma outra surra, evidentemente, agora dos soviéticos. As baixas foram SIMILARES na grandes batalhas, e proporcionalmente similares quando se leva em consideração a população de cada país ! Nos argumentos mais absurdos : se está difícil para a URSS devido às baixas , está igualmente difícil para a Alemanha, é uma questão como 13,4% contra 10,7% .

Tem gente que acredita que a Alemanha chegou perto de um Bitter peace, pois bem ... mesmo com essa, a Alemanha não suplanta a capacidade industrial da URSS que se encontra lá no meio da sibéria, em tankgrad etc, muito menos a norte americana e muito menos , as duas potências juntas ... Caso o custo político e eleitoral de uma guerra em 1946 Na Europa nazista faça os EUA entrarem num desejo de acordo, o mínimo avanço soviético no front leste acaba com esse desejo, é como se repartissem um queijo. O engraçado é que na época de Kursk, os líderes mundiais já haviam se reunido previamente e posteriormente por várias vezes, já dividindo a Europa nas suas esferas de influência, mesmo antes da Alemanha ser derrotada rs, tamanha era a confiança na vitória e na desconfiança entre os aliados rs. Eu acho que é simplesmente exigir muito de um país do tamanho da Alemanha, os caras não conseguiram nem superioridade aérea, para defender suas fábricas já em 1943.

Pra mim a questão é simples: a Alemanha se armando , a URSS ignorando, o UK olhando, os Franceses tomando vinho na linha Maginot, os EUA se preocupando com o próximo torneio dos New York Yankes, e o cabo da boemia se armando, se armando ... e dá-lhe panzer, e dá-lhe Bf109 ... É natural que qdo estoure a guerra seja um deslanche da Alemanha ! No início da Barbarossa, o comando russo, achou que era um engano o avanço alemão reportado na fronteira, mais de 2000 aeronaves foram destruídas em 2 dias e no chão ! Agora inverte a situação... deixa a URSS e allies se armarem durante 3 anos e depois abre a porteira e, 1939 pra ver quem avança em quem ... Ou melhor, deixa todos os líderes saberem do futuro em 1936 e vamos ver se Hitler tem colhões para avançar, sabendo que o fator surpresa acabou ...

Há apenas uma gravação de Hitler, sem ser num discurso, ela foi feita quando este conversava com, se não me falha a memória um embaixador da Finlândia, pró-nazi, e Hitler nessa gravação, feita sem seu consentimento, foi categórico em afirmar que havia subestimado a URSS, que este erro havia sido muito grave e que trabalhava agora para "garantir" um front no leste.


http://en.wikipedia.org/wiki/Operation_Barbarossa

http://en.wikipedia.org/wiki/WWII
Em ambos os links a Wiki ;e categórica em afirmar que a resitência soviética e seu potencial emergente foram os motivos para a derrota alemã e que após 6 de jan de 1942 ficara evidente a falha na Barbarossa e o não cumprimento de NENHUMA das metas finais no futuro.

Negativo, Berndt, a URSS tinha muita gordura pra queimar, sua capacidade industrial era de longe maior que a da Alemanha, seus recursos , manpower etc, Stalingrado estava perdida antes dos alemães chegarem perto do Volga e os números para logística e manter os soldados em campo de batalha estão equivocados e no caso que se cerne aqui, a logistica alemã era mais complexa que a russa, de modo a manter 1,55, ou 55% mais homens envolvidos nessa operação que na URSS. A guerra estava perdida para os Alemães , não interessa aonde pesquisemos, a conclusão é uma só, os nazistas substimaram a capacidade de guerrear da URSS, e acordaram um país agrário e atrasado e foram derrotados por um país industrializado e potência mundial, substimaram ... simples ...

A impressão que eu tenho é que se pegássemos todo mundo que joga Hoi e voltássemos no tempo, à 1939 e tivéssemos a oportunidade de contar o futuro para Hitler e aconselhásemos ele, muitos diriam , para ele esquecer de dominar a Europa , para evitar a guerra, resolver as questões territoriais com a Polônia e ir para a mesa da diplomacia, o futuro é Globalização, Microsoft, Machintosh, telefone celular, pornografia na net, aliás internet rs . Que guerrear iria levar a destruição da Alemanha a longo prazo etc, mas alguns aqui, iriam sim, dizer à ele para ir em frente, só pra tomar cuidado com isso ou aquilo, que dá pra vencer, que é possível e viável, basta vercer essa ou aquela batalha, que no fim a URSS desiste e os EUA deixam a Europa de lado, junto com o resto dos allies.

Bem, como temos posições bem diferentes e é inútil continuarmos discutindo isso, o próximo post deverá voltar a ser ON TOPIC, senão eu vou limpar o tópico, :up:.

On Topic hein !

A propósito Arntus, o AI tá um monstro lá viu ... pelo amor de Deus, a África de batalha ganha está à retirada estratégica ! hahahaha. E a quantidade de navios perdidos para ambos os lados vai fazer a alegria dos mergulhadores por séculos ! hahahaha.



PS : “They want a war of annihilation. We will give them a war of annihilation.”
— [ame="http://en.wikipedia.org/wiki/Joseph_Stalin"]Joseph Stalin[/video]

ODIN
18/06/2007, 09:43
Olha, eu acho que a Alemanha tem uma chance siim, mas precisa de alguns elementos favoráveis pra que isso aconteça:

1) Tenha um bom player jogando de Itália.

2) O Japão também tem que ser controlado por um player.

3) Entra na Rússia em 40, e junto com o Japão força uma Bitter Peace.

A idéia é que a Itália faça barulho suficiente para que a Inglaterra tenha com o que se ocupar, e deixe a Alemanha livre para cuidar da Barbarossa sem ter que lutar em 2 fronts.

Muito embora a Bitter Peace não seja um grande impecilho para um bom jogador comandando a Rússia, ela permite que a Alemanha tenha um tempo precioso para botar uma poderosa frota no mar fazendo frente aos Allies.

Ou seja, um time bem afinado, com todos os elementos trabalhando para a alemanha... ou estou errado?


Sem poder pelo menos poder encarar de frente a força naval dos aliados, a Alemanha estará condenada à prisão de luxo da Europa e não terá como atacar a sua principal fonte de problemas, que é a Ilha da Grã-Bretanha...
É isso que eu chamo de empate tecnico...;)

nigo
18/06/2007, 09:51
Olha, eu acho que a Alemanha tem uma chance siim, mas precisa de alguns elementos favoráveis pra que isso aconteça:

1) Tenha um bom player jogando de Itália.

2) O Japão também tem que ser controlado por um player.

3) Entra na Rússia em 40, e junto com o Japão força uma Bitter Peace.

A idéia é que a Itália faça barulho suficiente para que a Inglaterra tenha com o que se ocupar, e deixe a Alemanha livre para cuidar da Barbarossa sem ter que lutar em 2 fronts.

Muito embora a Bitter Peace não seja um grande impecilho para um bom jogador comandando a Rússia, ela permite que a Alemanha tenha um tempo precioso para botar uma poderosa frota no mar fazendo frente aos Allies.

Sem poder pelo menos poder encarar de frente a força naval dos aliados, a Alemanha estará condenada à prisão de luxo da Europa e não terá como atacar a sua principal fonte de problemas, que é a Ilha da Grã-Bretanha...

Isso é claro, sempre jogando com HR, porque senão a Alemanha nem chega a conquistar a França...


no proximo jogo, eu vou de Italia, vc de alemanha e o Cad de japão


quero ver o bison se safar de nós 3 :lol:

Sr. Bison
18/06/2007, 16:09
Do jeito que está indo o Superpowers esse próximo jogo Nigo vai ser no HSR novo, e como vc sabe é uma delícia pra URSS uma Barbarossa no HSR. Se fosse no geddon atual, eu faria umas 500 divisões com brigada, tudo de 1939, em 39 pra 40. Mas como vai ser no HSR, acho melhor até avançar um pouco parar disparar alguns eventos interessantes rsrsrs.

Já ao Cad, bem ele leva 1 ano e 4 meses pra chegar no norte do Afeganistão e começar a pegar alguma coisa de valor, até lá dá pra colocar alguma coisa defendendo na região ... Aliás, pergunta pro Cad a viabilidade disso rs. Se não me falhe a memória, com esses HRs , uma guerra contra a China, só em 1938, não dá para anexá-la antes de 1941, na unha claro.

Aí, nessa data Pearl Harbor está perto e é só alegria ... rs

Sr. Bison
18/06/2007, 16:49
Bem ODIN, pra Alemanha sair batendo forte, há alguns pontos a serem vistos, mas eles giram em torno de propiciar condições para a Alemanha sobreviver a longo prazo, caso tenha um jogador bom na URSS a situação complica muito. Se acontecesse essa configuração, em 38 eu já colocaria pro Cad duas opções acordo de nào agressão ou guerra total até o fim do jogo.

Essas coisas minam a aliança, de modo a tirar as condições de que falei acima.

Um empate técnico ocorre sim, e é ideal para a URSS ter aquela coisa na Europa mantendo a atenção dos States e do UK enquanto vc baila na Ásia , pegando tudo quanto é rares, liberando a Índia e pegando a China de puppet. Com a Coréia, China unificada, Indochina e Índia, a URSS pode se dar ao luxo de desafiar os dois lados, axis e allies, mas mesmo assim, convém manter a Alemanha lá ,inteirona, eu manteria.

Sr. Bison
18/06/2007, 16:53
Agora , cá entre nós, se houvesse uma URSS animal, tocentos de IC, rares, tropas, que quisesse me deixar quieto lá na Europa, para fazer frente aos allies, eu de Alemanha, nunca que iria pra cima dela, é bobagem, como o Sauron disse no Superpowers, o que que eu vou pegar de valor do Bison indo atéo Volga ? 16 de IC ... e depois, que eu liberar a Ucrânia e Bielorússia, vc segura o Bison pra mim ? (Isso falando pro Nigo que tava de UK querendo esfaquear pelas costas rsrsrs)

Sr. Bison
19/06/2007, 23:14
Queria saber, quem dos jogadores Artnus, Sauron e Cadmiel, vão estar disponíveis pro jogo e quando ...

Valeu !

Sauron
20/06/2007, 02:01
Ontem e hoje tive bem ocupado, a partir de amanhã estou na área...

Sr. Bison
21/06/2007, 15:18
Update :

Esse jogo vai ter ataque nuclear hein... O impasse tá grande e 44 está chegando, e logicamente as BAs. Outra coisa, é a quantidade de combates navais neste jogo, é um absurdo, pois não há uma soberania total nos mares por parte de um lado, apesar que a marinha do Japão já era e a aliança dos EUA, a outra do Canadá e por fim a do UK, são as dominantes no mar, mas lembrem-se são 3 alianças...

Sinceramente eu sou matreiro e macaco velho nos mares, mas aquela frota dos Otomanos, pelo amor de Deus, apareciam de nada... e para afundar a frota japonesa, só jogando subs antes de entrarem os carrier com power projection engatilhado, se não, não afundavam.

O IC Alemão está em 285, mas o forte dela é a Aliança, a Argentina e o México são meus agora, nas Phillipinas eu voltei tb, mas perdi toda a África... Parece que o Sauron conseguiu superioridade aérea em cima da Inglaterra, a quantidade de navios afundados por ele tb é muito grande. Realmente eu não sei muito se o impasse é a longo prazo, se o Artnus fizer o dever de casa sim, o AI está indo bem viu Artnus. Particularmente eu acho que nesse jogo as datas vão ir longe.

[Artnus]
21/06/2007, 17:20
Opa quinta feira vo tentar jogar ate as 0h e sexta e sabado ate deus sabe q horas. =]

E o tra o forte da Alemanha é o controlador dela xD

Sr. Bison
21/06/2007, 23:13
To vendo, presença geral no TS, né seu Artnus ... rs. Quinta-feira só eu apareci ... rs. Artnus... não sei se vc sabe, mas 45 e 46 no jogo vai ser um divisor de águas viu ...

Sr. Bison
22/06/2007, 01:30
Bem, vc já sabe que a Alemanha, apesar de absurdamente forte neste mod, já está indo do mesmo jeito que tudo qto MP vai ... então é bom controlar bem viu, se defender bem ... fazer seu pé de meia. Continuar nesse seu pacto aí com o Cad de mútua ajuda ... rsrs, pq eu e o Sauron já estamos discutindo a divisão Europa rsrs ...

O AI está fazendo um trabalho decente ... tb, olha o tamanho da aliança ... é só vc não estragar .

Sauron
22/06/2007, 02:48
Hoje eu fui jogar poker na casa de amigos, cheguei agora, mas o Bison já tinha vazado.

O que está matando a Union of Britain é a falta de aliados com os quais eu possa trocar blueprints, meus pesquisas estão lentas em relação ao resto do mundo...

Sr. Bison
22/06/2007, 15:57
Vc não deve estar atrasado em relação a mim Sauron, é a aliança alemã que está adiantada e como ela é metade do mundo ...

Sem falar que os EUA são 1/4 em territórios nacionais e pelo visto não irá ocorrer o evento de unificação americana, e nem liberar nações na américa do norte eu posso.

Sr. Bison
23/06/2007, 04:35
O jogo está interessante ... eu queria saber como está para vocês ... Pq comigo, só a longo prazo mesmo... aliás, acho que o Sauron já viu que estou indo a longo prazo mesmo, porque não vai dar pra derrotar o Japão, mas dá pra fazer um impasse, apesar que desde o começo da guerra a diferença de forças entre EUA e japs, está cada vez maior ...

Eu queria saber a que carga d'agua está aí na União Britânica, na Rússia e na Alemanha. No final do jogo eu dei uma relaxada, hj, qdo começarmos do ponto que estávamos, vou precisar de uma pause pra rever e decidir alguns pontos a médio e longo prazo.

Outra coisa, a quantidade de navios afundados nesse jogo está a maior que eu já vi em todos os jogos, muito grande ...

Sr. Bison
23/06/2007, 18:43
Update do Kaiser :

Situação no leste asiático, vamos ver se o Japão consegue um impasse ali, de qualquer forma em 6 meses nada mais que seja feito de bambu nas asas, voará. Impasse, a longo prazo tende aos EUA :

http://aycu39.webshots.com/image/20118/2004761359393207869_rs.jpg

Situação na Ásia central, Alan Orsha, está com uns partisans fundados por mim, tava querendo testar uma coisa desde o começo do jogo, depois mando minhas conclusões pra vc Cad. Índia fragmentada e o Império Otomano ali do lado:

http://aycu25.webshots.com/image/20344/2004736574242568837_rs.jpg

Situação européia. A União Britânica, assegurou os ares de forma incontestável, os mares por consequência, a Alemanha como previsto está na defensiva na Europa. Estranhamente a Noruega, a Suécia e Finlândia não foram pegas pelo Kaiser, talvez o Artnus não queira fazer a Escandinávia. Outro ponto em questão, é que por mim eu já tinha pego tudo até a Turquia também. Quais serão os planos do Kaiser hein ? rs

http://aycu13.webshots.com/image/18852/2004730906953086900_rs.jpg

Situação da América do Norte :

Bem, é frustante isso, de certa forma mais equilibrado no jogo, mas foi sem dúvida o jogo mais difícil de EUA que já joguei, estou em guerra desde 1936, incessante. Por partes:

- primeiro, os EUA, começam com 30% de dissent ganham mais 10% e ficam com 3 de IC, levando 14 meses pra chegar aos 70 de IC.

- segundo: Se dividem em 4 nações, em jan de 1937, os EUA ficam com 85 de IC. TODAS as suas divisões feitas até então se rebelam contra vc e vão para as outras facções.

- terceiro: após unificar os States, as demais províncias não ficam suas, pelo menos os dois eventos não ativaram e fiquei com 1/4 do potencial norte americano.

- quarto: rapidamente entro em guerra com a Alemanha, e pelas costas o Artnus dá um coup no México, Lá vou eu lutar com meia dúzia de unidades contra os malas.

- quinto: Estou lutando na África, Pacífico, EUA, e aora o Artnus, dá outro coup no Japão, chama ele pra aliança e abre mais 3 fronts contra mim. China, Pacífico e Índico.

- Após derrotado e o México anexado, Artnus dá um segundo coup no maldito país, pelo menos ele é meu puppet agora. O AI, assume a Alemanha e me empurra da África.

Notem o detalhe das províncias verdes que REALMENTE, são os EUA.

http://aycu14.webshots.com/image/19733/2004701737196354503_rs.jpg


Situação na África. Pra que lutar no meio do mato, quando vc tem os seguintes fronts : México, TODO o Pacífico, China, Argentina, e MAnchúria ? PS: A Argentina caiu.

http://aycu28.webshots.com/image/18147/2004795736898766051_rs.jpg

Sr. Bison
23/06/2007, 18:45
Artnus : Alemanha 281 de IC
Bison : EUA 313 de IC
Sauron : UK de 225
Cadmiel : Rússia 239 de IC

[Artnus]
23/06/2007, 19:42
*Retirado de um jornal do futuro *"em 44 choveu chuva de uma bota mas nada, nenhum ser vivo resistiu a esta gota, carne virou cinza ,ferro virou liquido , agua virou vapor e a terra ,ela passou a queimar,onde era... "*fim do pedaço rasgado de papel

@.@

Sauron
23/06/2007, 19:49
Bom, o jogo está bem interessante, quando comecei a jogar, percebi que um dos principais pontos que faz a UK uma nação forte no Vanilla foi cortado, me deixando numa situação no mar inferior ao Canadá, à Alemanha, Japão...

Como não dá pra competir com essas nações somente fazendo navios, coloquei como metas:

1) Aumentar a capacidade Industrial.

2) Garantir soberania absoluta nos ares.

3) Reconstruir a Royal Navy

4) Construir uma larga força terrestre.

Os três primeiros passos desses objetivos foram compridos, não há outro país no mundo com a quantidade, variedade e modelos avançados que chegue nem em 1/3 em números da minha força aérea.

Também não há outra força naval comparável à minha, são 3 frotas de 18 navios cada, com 6 dos mais avançados carriers e 4 superbattleships, força superior à do Bison, e por incrível que pareça, com a do Canadá e seus incríveis 6 carriers.

E agora eu tenho manpower e IC pra dar deploy em uma larga força terrestre, só estou analisando os possíveis alvos.

[Artnus]
24/06/2007, 20:35
Seguinte sso joguem Sexta ok???

Sr. Bison
24/06/2007, 23:37
Igual ao Superpowers esse jogo está equilibrado, pois bem , jogamos quase meio mês de jogo, acho, neste Domingo. Poxa Cad vc falou que ia aparecer e nem pra avisar hein , ficamos esperando e esperando depois resolvemos jogar um tico só ! rs

PS: descobri o porque que as tecs secretas não abriam, é uma linha bendita no save que se chama "deactivate" , tem que ir lá, na unha , no .txt e apagar as tecs travadas, caso vc não tenha os pré-requisitos o jogo cai. Tudo resolvido, pois eu estava pesquisando a Flybomb, no secret weapons e as demias tecnologias de foquetes vermelhas, chamei o Artnus pra ele mesmo verificar isso e o save editado, depois de arrumado, e tudo ok. Agora o porque que os eventos não ativam as tecs eu ainda não tenho certeza.

Outra coisa o evento de unificação dos States já vi que nunca vai acontecer ... rs , já era, apesar que meu país mudou a barra um ponto por evento, mas necas de pitibiribas, tudo na mesma e vai continuar assim, vamos ver se lá no futuro acontece algo.

O Save pra quem quiser verificar :

http://rapidshare.com/files/39181974/Kaiser_1.rar.html

Sr. Bison
25/06/2007, 05:30
Como combinado Artnus, por favor poste, mais ou menos que horas vc vai poder jogar nesta Segunda se vai poder jogar, fala mais ou menos um horário, por exemplo 19:00 - 23:00, ou 20:00 - 0:00, sei lá ... , mas poste isso de tarde ok ?

Falow !

[Artnus]
25/06/2007, 17:46
16 h

Sr. Bison
26/06/2007, 00:32
Bem, jogamos mais um pouco... eu DOW em Yunan, e no Sião, o Sauron DOW no Canadá e eu logo em seguida no mesmo, front é o que não falta pra mim rs. o Tibet foi anexado pela Rússia enquanto isso.

Sr. Artnus tudo nos conformes nos axis, só um pouco de partisan florecendo na Europa como sempre, mas a Holanda foi derrotada lá. Da mesma forma os partisans continuam sua luta em Alash Orda.

No demais, tudo conforme previsto, Alemanha lá na Europa, a Rússia crescendo, só os States que não vão ser unificados, como eu gostaria que fosse.

Sr. Bison
26/06/2007, 11:23
Canadá pros british ? E ficar pra sempre numa posição vulnerável ? Naaaa ... acho que não ... vamos repartir isso Sauron ! :cool: E fazer votos de mútua cooperação.

Cad, 310 divisões hein ! ... estou orgulhoso agora... mas em 1 ano e meio eu chego lá ! :cley:

Os romanos estão certos ... para assegurar a paz, prepara-te para a guerra ! :up:.

Tic Tac, Artnus ...

Sauron
26/06/2007, 13:54
Pô, é só lê a descrição da Union of Britain pra saber que o do Canadá estava guardado... Questão de Honra...

O **** é que enquanto eu me deslocava no gelo, por larga extensões, vc pegou as provícias limpas e pertinho uma das outras...

Sr. Bison
26/06/2007, 14:19
Bem, e hoje, que horas vc pode aparecer pra jogar Sauron e vc Artnus ?

Sr. Bison
26/06/2007, 18:22
Poxa, vai ter jogo hj ou não ? E que horas ?

Sauron
26/06/2007, 18:51
Eu só devo entrar no TS mais tarde, lá pelas 21 horas...

Sauron
27/06/2007, 02:40
A Union of Britain está pronta pra quem quiser invadir: :angel:

http://img151.imageshack.us/img151/2443/snap046nh0.th.jpg (http://img151.imageshack.us/img151/2443/snap046nh0.jpg)

Save de hoje:

http://rapidshare.com/files/39582908/Kaiser13.rar

Sr. Bison
27/06/2007, 16:12
Invade lá Artnus ! rs, meia dúzia de botes de pesca defendendo a ilha ...

Sabe, eu tenho tanto pepino pra resolver nesse jogo, que é mais fácil me invadirem que eu invadir alguém ... Meu Deus, é problema atrás de problema e não consigo transformar os EUA em Facista ou coisa do gênero, mas Sauron muito obrigado, eu ainda estou tentando invadir o Japão, e ainda não consegui quanto mais invadir o UK que é 4 vezes mais forte hahahaha, nem cogito a possibilidade de sequer alguém entrar no mar contra o UK na situação atual.

Sr. Bison
27/06/2007, 18:25
Hoje só estarei online as 23:00 Sauron, vou tentar chegar mais cedo, mas acho que só memso nesse horário, ou por volta das 22:30. Falow !

[Artnus]
28/06/2007, 18:13
Seguinte estou de recuperação na escola como previsto xD entao acho seria bom levar em consideração a proposta do bison de engavetar o jogo por enquanto

Sr. Bison
28/06/2007, 18:23
Engavetar o jogo significa esquecer pra sempre esse MP, e já chegamos longe pra parar aqui ... quem mandou não estudar rsrsrs, não consegue nem passar na escola e ainda quer ser o Kaiser rsrsrs ... ? Bem Artnus, espero que vc nõa tenha virado puppet completo dos seus pais e eles não tenham anexado seu micro ... sinto muito mas vamos continuar rs .

Bem hj é quinta, assim queria saber se hj é dia do seu poker Sauron ? Vai ter jogo HJ e que horas ?

PS: Artnus já pensou em fazer um techteams take over na prova do colega do seu lado ? Faça uma aliança com ele meu filho ... qdo a situação é priclitante rs ....

Ringwraith
28/06/2007, 21:37
PS: Artnus já pensou em fazer um techteams take over na prova do colega do seu lado ? Faça uma aliança com ele meu filho ... qdo a situação é priclitante rs ....MUAHUAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAA!!! Manda um "Steal Blueprint" se ele for mané;

[Artnus]
28/06/2007, 21:50
POis e mais os profs ficam fazendo um counter espionage toda horas eles nao esperam nem 7 dias (a mas sexta e sabado eu continuo a jogar SFA...)

Sr. Bison
30/06/2007, 03:04
Eu acho que devo mudar o nome desse tópico pra síndrome bisonha ... hahaha, isso porque tomei um ataque surpresa do Sauron avassalador, só o pó meu. Meu exército estava na Ásia, e acabei deixando meia dúzia de tropas só em casa, resultado, o visinho UK veio reclamar as terras deles de direito e não tinha muita coisa pra defender lá. Mas MP é assim mesmo, não tem load, nem save, sem xurumelas.

Eu poderia ficar prolongando e prolongando a derrota, mas o Sauron mereceu a vitória, mesmo não podendo anexar os States ele é o vencedor sem sombra de dúvidas, tem que saber perder no jogo e reconheço que o justo seria o Sauron pegar os States de puppet, pois na fernte dele havia 20% da minha força e mais nada impedindo ele de pegar todo o continente. Então, Sr. Artnus, o Sauron agora tem os EUA na aliança e os EUA de puppet, me retirei do jogo, como disse tem que reconhecer a derrota.

Agora algumas considerações desse mod ... Meu Deus que terror, fiz tudo errado, planejei tudo errado, não unifiquei os States, e acabei ficando com 1/4 da força dele, lutei aonde não deveria lutar, na África e por anos ainda, não consegui invadir e finalizar o Japão, ficava sempre correndo contra o relógio, foi muito ruim mesmo, se eu pudesse faria tudo diferente hahaha. Que ****** rsrs ... .

Bem agora, estou apenas no Superpowers, não volto nesse Kaiser nem ferrando, isso se é que o jogo SP ainda um dia vai engrenar.

PS: Agora é aguentar o Artnus falando : Oque? O Bison "todo poderoso" perdeu ? e blablablabla ... rsrs ... Meu Deus já estou até vendo ! hahaha.

Sauron
30/06/2007, 04:35
Bom, tenho que dizer que não foi uma guerra como eu esperava.

Passei anos construíndo minha força aérea, minha marinha e meu exército e convivendo com dois problemas:

1) A falta de IC, se comparado com as outras potências.
2) Não poder construir mais IC por falta da falta de rares.

Como minha força terrestre até 44 era ridícula, suficiente apenas pra defender a ilha, não tive pra onde me expandir, enquanto isso o Bison conquistava o mundo, seja por aliança ou conquista militar. Olhando pra onde eu poderia correr, só me restava o Canadá, onde eu tentei fincar o pé e conseguir um porto no Pacífico, mas o Bison entrou na parada junto, e só me deixou com uns poucos territórios no Atlântico.

Aí surgiu um mega problema, o Bison declarou guerra no Sião, na época minha única fonte de rares, já que a Holanda tinha sido anexada pela Alemanha, o que era muito ruim pra mim, pois eu teria que depender das outras potências para o meu abastecimento...

Ponderei minhas opções, lutar na europa além de não me dar rares, ainda existia o risco de tomar uma bomba atômica como retaliação, então comecei a passear com meus navios pela costas americanas e vi que haviam bastantes brechas para desembarque.

Planejei o ataque cuidadosamente, movendo mais de 100 divisões pra Newfoundland, ponto cego pro Bison não perceber meus movimentos, preparei as esquadras, construí um estoque monstro de supplies, aumentei de tamanho as air base que tinha no Canadá, mas cometi o erro de mover uns aviões pro Canadá muito cedo. Os aviões chegaram no dia 28 de Março, dois dias antes da minha data programada.

Quando o Bison viu aquele aeroporto ocupado, imediatamente mandou os aviões dele sobrevoarem a área, descobrindo então a minha gigantesca mobilização.

Sorte minha que só faltavam 2 dias para o dia "D" e não houve tempo para o Bison fazer muita coisa.

No dia 1 de Abril eu DOW no Bison e iniciei o desembarque em 3 pontos da costa americana:

Manchester, Hartford e Atlantic City. Nesta última houve forte resistência, O Bison defendendo com 12 unidades, e eu atacando com 10, mas no final de 6 dias de intensa carnificina o shore bombardment da minha marinha falou mais alto, e eu consegui invadir.

Daí pra frente só foi avançar em cima das provícias ricas em IC da região, e transportar as outras divisões que ainda aguardavam em Newfoundland, em cada viagem, 30 novas divisões reforçavam algum ponto, ou desembarcavam em outro lugar da costa Americana.

Houve intenso combate nas provícias de Albany, Scranton e Philadelphia, onde as forças britânicas sofreram seguidas derrotas, até cherarem reforços e ocupar a região por completo.

Por fim Washigton foi cercada, 29 divisões faziam a defesa da capital, mas mais uma vez a Marinha foi precisa, devastando a cidade com o shore bombardment, e anulando o bônus que as tropas mexicanas e americanas recebiam por lutar em terreno urbano, e após dois dias de intenso combate, as forças britânicas adentravam Washington vitoriosas.

Então em 10:00 April 29, 1946 : USA accepted our generous peace offer.

Não era bem o que eu tinha planejado, eu esperava que o Bison fosse voltar com todas as tropas da Asia, desembarcar na costa do Pacífico e vir lentamente me empurrando pro Atlântico, provícia por província, gastando o meu manpower, ou então que aceitasse os meus termos para uma negociação de paz, de qualquer forma não vejos desméritos em ele ter jogado a toalha, eu teria feito o mesmo diante da situação que se apresentou.

Sr. Bison
30/06/2007, 05:44
Tem que saber perder Sauron, fui muito ambicioso, e mais de 150 divisões estavam na Ásia, eu já estava voltando pros EUA, mas ia levar muito tempo. Perdi feio, bem feito.

Cometi erros cruciais neste jogo, agora revendo o que eu fiz, e mereci perder, não conheço esse maldito Kaiser e comecei errando quando quis unir os States na marra, e só piorou quando resolvi investir na África. Se eu não tivesse DOW em Burma e tivesse voltado direto pros EUA eu comseguiria defendê-lo tranquilamente, MAS eu quis finalizar a Ásia e voltar pra América, tomei na cabeça bem feito ... Se os States fossem 100% eu continuava né ... mas eles são aquela tripinha ridícula e depois que aquilo foi embora já era.

Outra coisa, depois que vc tomou Philadélfia, ali vc já tinha me derrotado moralmente e mentalmente, eu já me imaginava derrotado ali e sem muitas idéias ou ânimo pra tentar virar a situação, eu poderia ficar jogando , mas só de imaginar o que ue tive e a burrada que tinha cometido era muito desanimador, porque se vc parar pra pensar vc tomando 12 províncias norte americanas vc toma quase 70% das nacionais minhas.

O pior de tudo é que perdi de forma rápida, e deciva, pra ser sincero é vergonhoso perder numa campanha de 1 mês, como perdi, agora é sacudir a poeira e esperar outro MP.

[Artnus]
30/06/2007, 15:58
Hahahaahahahahahahahahahaha pq vc nao fala que aceitou virar puppet bison??/ uahahahhahahahahahahahah vai me ouvir muito