PDA

Ver Versão Completa : Micro AAR - Brasil, Impávido Colosso.



ArcanjoZero
03/07/2007, 09:06
Bom, este é um MICRO-AAR justamente pq tem poukíssimas Screenshots.
(só comecei a tirar screens pra valer depois que achei um capturador de tela)
Estou publicando mais para poder matar a curiosidade de alguns amigos.
Qqr coisa, digam aí, mas não sejam muito "duros" comigo, tá?
Pretendo fazer outro AAR com + screenshots qdo iniciar outro jogo.
***********
Assumimos o governo no Brasil em 1936. A infraestrutura do país era precária, havia poucas indústrias que estavam atrasadas no tempo e as forças armadas eram poucas e mal preparadas.
Mas antes que qualquer um desconfiasse do nosso real projeto de governo, já começamos a reforçar o exército e deslocar todas as nossas tropas para a fronteira com o Paraguai.
http://thumb9.webshots.net/t/50/550/6/82/45/2148682450101665569qtegWN_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2148682450101665569qtegWN)
Assim, mais ou menos em Março de 1936 já estava tudo pronto para o início da "Operação Rosas".
Escolhemos o Paraguai como primeiro alvo porque conhecíamos a valentia de seu povo, mas sabíamos que eles estavam despreparados para uma nova guerra. Se permitíssimos que eles acrescentassem mais divisões ao seu exército eles poderiam atrapalhar e muito nossos planos futuros.
Ao deflagrarmos a guerra, o inimigo foi pego desprevinido, bem como a população do nosso país. Felizmente, conseguimos contornar rapidamente a situação, uma vez que nossa economia crescia.
http://thumb9.webshots.net/t/24/565/0/60/42/2250060420101665569WTINcI_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2250060420101665569WTINcI)
Depois da anexação pudemos dispor das indústrias paraguaias e também do seu aguerrido povo. Tratamos então de recuperar logo nossa força militar.
Neste momento, a Bolívia parecia o alvo mais fácil. Suas forças armadas estavam longe das fronteiras e certamente não estavam no auge de suas forças.
Nem bem passou um mês e nossa infantaria avançava sobre as províncias bolivianas, durante a "Operação Condor".
O contra-ataque boliviano veio pela Amazônia, mas novas divisões de infantaria estavam ficando prontas para entrar em combate e foram estrategicamente dispostas para conter o avanço inimigo.
Após alguns longos meses de batalha, tomamos La Paz e as últimas unidades bolivianas ficaram cercadas e com suas linhas de suprimento cortadas. A anexação foi inevitável.
http://thumb9.webshots.net/t/64/464/5/99/34/2167599340101665569hkDbPr_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2167599340101665569hkDbPr)
Aguardamos um tempo para acalmar os ânimos internos e a pressão internacional.
Enquanto isto, novas unidades de infantaria eram criadas, e as já existentes se moviam pela Amazônia até a fronteira com a Venezuela.
No Amapá, um porto em posição estratégica ficava pronto. Navios de transporte e novas divisões de infantaria foram deslocados até lá.
Quando tudo estava pronto, teve início a "Operação Veneza". Enquanto algumas divisões invadiam uma província fronteiriça venezuelana desguarnecida, a maioria das divisões derrotava a frágil linha de defesa inimga ao norte.
Para completar o ataque, divisões de infantaria desembarcaram em ataque anfíbio atrás das linhas inimigas, ocupando outra província venezuelana, deixando a tropa inimiga sem refúgio.
Em poucas semanas, caía a capital e o governo venezuelano aceitava a anexação.
Depois disto, mais uma vez recompomos nosso exército, investimos em novas armas e, graças às indústrias dos países anexados, conseguimos um índice suficiente para aumentarmos nossa tecnologia, podendo suportar 3 grupos de pesquisa trabalhando simultaneamente.
Continuamente levamos nossa política para o lado do intervencionismo, o que viria a facilitar a concretização dos nossos planos no futuro.
No início do ano de 1939 o cenário para iniciarmos a "Operação Bolívar" estava pronto e decidimos não perder mais tempo.
Invadimos a Colômbia e desta vez nos focamos nos alvos principais para que a guerra não fosse por demais demorada.
http://thumb9.webshots.net/t/64/464/9/63/45/2810963450101665569LIKJFn_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2810963450101665569LIKJFn)
O plano deu certo e pouco tempo depois forçamos o governo colombiano a aceitar a anexação.
Logo após a anexação recompomos o exército e demos prosseguimento à operação, declarando guerra ao Equador e derrotando as forças de defesa na província de Quito.
Após uma longa marcha e diversas tentativas desesperadas dos equatorianos de rechaçar nossa força muito superior, chegamos à capital e anexamos mais este país ao nosso glorioso Brasil.
A capacidade industrial ainda não era boa, a taxa de dissidentes era alta e nosso exército tinha se movimentado muito e as linhas de suprimento eram deficientes.
Por isto tomamos medidas para sanar estes problemas. Novas indústrias eram criadas, a infraestrutura melhorada e o exército aperfeiçoado.
Enquanto isto, nossas forças em La Paz eram aumentadas e a maior parte das divisões vitoriosas nas campanhas do norte eram transferidas para lá também.
http://thumb9.webshots.net/t/62/462/4/9/10/2180409100101665569NEnOym_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2180409100101665569NEnOym)
A marcha foi lenta e extenuante. Mas soubemos aguardar o momento certo para seguir com nosso projeto. Reforçamos nosso exército e investimos em blindados.
Assim, na primavera de 1940 demos início à "Operação Inca". Invadimos o Peru pelo sul, derrotando as tropas perto da fronteira. Seguimos avançando até conquistar a capital e assim anexamos mais um país.
Após a conquista do Peru, transportamos nossas tropas pelo mar, deixando uma boa parte delas no Rio Grande do Sul, para que cumprissem a "Operação Pampa", que já havia sido planejada há tempo, mas que estava sendo adiada devido às outras boas possibilidades que surgiram.
Então, em 1941, antes que o Uruguai pudesse suspeitar, nossas tropas começaram o ataque. Sem ter como conter uma força muito superior à sua, não sobrou outra alternativa ao país a não ser aceitar a anexação.
http://thumb9.webshots.net/t/52/452/4/8/8/2252408080101665569YBEDax_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2252408080101665569YBEDax)
Sabíamos que, se em qualquer momento uma das potências mundiais nos declarasse guerra, todos nossos sonhos iriam por água abaixo.
Então resolvemos dar um tempo a nossos vizinhos imediatos e começamos a preparar e planejar uma das partes mais audaciosas do nosso projeto.
Investimos em contra-espionagem, ao mesmo tempo que enviávamos espiões nossos para possíveis alvos futuros. Um destes alvos foi Portugal.
Sabíamos que ninguém havia garantido a independência de Portugal e, segundo relatórios dos nossos espiões, sua tecnologia e força militar terrestre não era das mais avançadas.
O país também dispunha de várias colônias, o que impedia que suas forças armadas guardassem todos seus territórios com eficiência.
Além disto, Portugal poderia nos servir de entrada para a Europa.
A grande desvantagem era que nossa marinha era muito mal preparada para enfrentar a marinha portuguesa.
Começamos a construção de alguns navios de batalha e mais navios de transportes, bem como pesquisamos tecnologias militares nesta área.
E, muito embora nossa força ainda não estivesse no ponto que deveria (o que constatamos a duras penas no decorrer desta guerra), embarcamos parte de nosso exército nos transportes e os movemos até Cabo Verde.
Uma vez que nossas tropas já estavam em posição, declaramos guerra e iniciamos a "Operação D'Além Mar" em 1942, que consistiu em tomarmos simultaneamente todas as colônias e ilhas portuguesas no Atlântico (exceto Açores).
http://thumb9.webshots.net/t/50/550/8/10/18/2198810180101665569hAoOXv_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2198810180101665569hAoOXv)
Entretanto, com nossa marinha ocupada em Cabo Verde, nossos transportes ficaram sem a proteção necessária para o ataque à colônia africana. O desembarque fracassou e perdemos algumas divisões de infantaria quando destróieres portugueses encontraram nossos transportes em mar aberto.
Reagrupamos e quando possível, atacamos novamente, conseguindo sustentar a cabeça de praia desta vez. Nossas forças eram superiores e logo tomaram a província.
Com cautela, nossos transportes se movimentaram pela costa da África, evitando as patrulhas portuguesas e reforçando o contingente na colônia portuguesa.
Logo derrotávamos os portugueses em todas províncias, com o providencial auxílio de nossos novos bombardeiros táticos, que estrearam durante esta operação.
http://thumb9.webshots.net/t/52/452/4/63/36/2263463360101665569JxuCRr_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2263463360101665569JxuCRr)
Após a vitória em Angola, a intenção era alcançar Moçambique mas isto não foi possível devido à distância. Preparamos então a invasão do país europeu.
Para que pudéssemos executar este ato tão audacioso, iniciamos a "Operação Trampolim", conquistando os Açores. De lá, nossos bombardeiros táticos mantiveram a marinha portuguesa afastada dos nossos transportes.
Nossa marinha, já contando com algum reforço, também se impôs, dominando os mares em frente à ex-metrópole. Finalmente tentamos o ataque anfíbio na província de Faro.
Mais uma vez, o ataque falhou. Mas transportamos as heróicas tropas de volta para os Açores até que se recuperassem e embarcamos novas divisões nos transportes.
Desta vez tomamos a província e começamos a conquista do país. Com o reforço das tropas garantidas, rapidamente avançamos sobre as poucas tropas portuguesas que haviam restado depois da campanha africana, não podendo, contudo, anexar o país.
http://thumb9.webshots.net/t/62/462/1/45/68/2286145680101665569CinUmn_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2286145680101665569CinUmn)
Mesmo assim, no início do ano de 1944, Portugal dispunha só de sua colônia em Moçambique, Macau e Timor, o que os deixava totalmente sem ação.
Enquanto nós comemorávamos o fato de termos obtido capacidade industrial suficiente para mantermos quatro linhas de pesquisa simultaneamente, o inimigo implorava por paz.
Certamente que não aceitamos as suas condições, ao menos não ainda... Mas estas propostas portuguesas nos seriam úteis no futuro.
http://thumb9.webshots.net/t/60/460/0/95/94/2141095940101665569aOjeKb_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2141095940101665569aOjeKb)
http://thumb9.webshots.net/t/52/452/3/0/77/2886300770101665569lLxELv_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2886300770101665569lLxELv)
Depois desta guerra, cuidamos de evitar que partisans tomassem o que conquistamos com tanto sacrifício. Também começamos a criar mais divisões de blindados e bombardeiros táticos.
Os relatórios de nossos espiões davam conta de que a Argentina possuía muitas divisões de infantaria e um número razoável de caças que poderiam complicar a vida de nossos bombardeiros.
Passamos muito tempo esperando, nos preparando, diminuíndo a taxa de dissidentes e posicionando as tropas nas fronteiras do que já havia sido a Bolívia, Paraguai e Uruguai.
Finalmente, em 1945, deflagramos a "Operação Hermano" e atacamos a Argentina em toda a sua fronteira norte. Quando suas tropas quiseram contra-atacar já era tarde e ocupamos as posições estratégicas primeiro.
http://thumb9.webshots.net/t/64/464/7/74/79/2412774790101665569HNOnzi_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2412774790101665569HNOnzi)
Nossos bombardeiros foram muito eficientes, inibindo a ação do inimigo e sustentando o avanço terrestre de nossas tropas que tomaram Buenos Aires mais facilmente do que se esperava.
Sem perder tempo, movemos as forças invasoras do norte para o centro do país, ocupando todas províncias importantes da Argentina e forçando-os a aceitarem a anexação.
http://thumb9.webshots.net/t/58/458/0/64/0/2933064000101665569VEIxYL_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2933064000101665569VEIxYL)
O sonho de unificar a América do Sul estava quase concluído. Apenas o Chile não havia aderido à nossa grandiosa nação.
Preparamos a "Operação Xeque-Mate" com cuidado. Mas subestimamos o ímpeto do povo chileno.
Enquanto que tomamos as duas províncias no norte chileno, a província mais ao sul não se entregava e tivemos muitas perdas ali.
Para darmos fim ao conflito tentamos um desembarque anfíbio, que acabou em uma total catástrofe.
Finalmente, recuamos e as tropas chilenas atacaram, tentando tomar o sul da Argentina. Mas isto deixou sua linha de defesa fragilizada.
Em poucas semanas, contra-atacamos de uma província adjacente e anexamos o Chile também.
Na primavera de 1945 a situação do nosso país era esta:
Toda América do Sul, exceto as Guianas, faziam parte da mesma nação.
As indústrias se multiplicavam e a infraestrutura era melhorada. Unidades para conter eventuais partisans eram espalhadas pelo território nacional e a taxa de dissidentes beirava o zero.
http://thumb9.webshots.net/t/30/466/6/94/6/2157694060101665569AmlDDE_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2157694060101665569AmlDDE)
Era hora de dar seguimento ao plano. Os relatórios de nossos espiões davam conta de que o próximo passo deveria ser dado na América Central.
Acreditamos que atacar um país bem no meio da América Central seria o mais indicado, pois dali poderíamos invadir aos demais mais facilmente.
Então declaramos guerra à Guatemala e utilizamos nossos bombardeiros táticos e nossa marinha para desmobilizar suas poucas tropas e sua força naval.
http://thumb9.webshots.net/t/30/466/9/58/17/2502958170101665569FRLLlE_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2502958170101665569FRLLlE)
Tivemos sucesso no mar, mas os bombardeios em terra não pareciam surtir resultados. Tentamos então um desembarque anfíbio, mas 11 divisões foram derrotadas por apenas 2.
Reagrupamos, escalamos novas divisões para fazer o ataque e tentamos outra vez. Mais uma vez sem sucesso.
Depois de mais algumas tentativas frustradas, chegamos à conclusão de que a "Operação Central" não poderia ser concluída da maneira planejada.
Mudamos nosso alvo. Declaramos guerra ao Panamá, fizemos um desembarque anfíbio e logo anexamos o país.
Continuamos então a declarar guerra, invadir e anexar simultaneamente todos os países da América Central, inclusive a Guatemala, até chegarmos à fronteira com o México.
http://thumb9.webshots.net/t/58/458/8/16/2/2958816020101665569tXPccx_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2958816020101665569tXPccx)
Claro que toda vez que notávamos que a taxa de dissidentes aumentava muito, aguardávamos um tempo até a opinião pública se acalmar.
Neste meio tempo já trabalhávamos com 5 linhas simultâneas de pesquisa.
http://thumb9.webshots.net/t/55/455/1/24/46/2241124460101665569NsuPPg_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2241124460101665569NsuPPg)
Até o final de 1949 nossa nação já alcançava toda América Latina, exceto o México.
http://thumb9.webshots.net/t/62/462/1/0/11/2100100110101665569vFMynf_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2100100110101665569vFMynf)
Mas o México não era nosso único alvo. Na verdade, as guerras na América Central foram uma maneira de dar experiência a nossas tropas e às divisões de bombardeiros táticos, que já ultrapassavam 8.
Contudo, nossos espiões informavam que nossa força atual ainda não era o suficiente para nossa próxima investida.
Aguardamos o tempo necessário para que novas tropas fossem treinadas e investimos em novas fábricas para melhorar nossa economia.
http://thumb9.webshots.net/t/24/565/1/56/83/2722156830101665569ZVGACA_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2722156830101665569ZVGACA)
Também investimos em Caças e melhoramos as doutrinas da força aérea. Transportamos nossas tropas para Porgugal e em Setembro de 1950 finalmente estávamos prontos para deflagrar a "Operação Toro".
http://thumb9.webshots.net/t/24/565/3/81/24/2443381240101665569tzRQSz_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2443381240101665569tzRQSz)
Invadimos a Espanha, conquistando vários pontos estratégicos. A nossa força aérea foi vital nesta campanha, destruíndo várias divisões espanholas que nossas tropas terrestres enfrentavam.
As divisões blindadas e de infantaria cercavam diversas divisões inimigas e as destruíam rapidamente.
http://thumb9.webshots.net/t/30/466/0/68/86/2757068860101665569KonVnW_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2757068860101665569KonVnW)
http://thumb9.webshots.net/t/58/458/5/1/99/2780501990101665569MTUZGO_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2780501990101665569MTUZGO)
Assim, em Janeiro de 1951 a guerra já estava acabada. Apenas 7 divisões espanholas ainda resistiam ao nosso ataque fulminante.
http://thumb9.webshots.net/t/62/462/8/80/11/2903880110101665569sxDUJI_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2903880110101665569sxDUJI)
Anexamos a Espanha e todas suas colônias. Creio que já podíamos ser chamados de potência.
Aproveitamos as comemorações por mais esta vitória militar de nossa nação para trocarmos a bandeira nacional por uma que melhor representasse o espírito de união dos povos latino-americanos.
(É a bandeira dos aliados, eu sei... mas a estas alturas usar a bandeira do Brasil já estava meio sem sentido e esta foi a bandeira disponível que ficava mais legal)
Mas, para nosso sonho de um império latino-americano estar completo ainda faltava anexar o México e as ilhas do Caribe.
Iríamos, então, terminar a conquista da América Central. Mas havíamos sido tão influenciados pelos Estados Unidos que nosso nível de democracia ficou alto demais.
Para não perdermos tempo e aproveitando a disposição de nossas tropas, voltamos nossas forças contra a combalida Itália, que resistia aos aliados e à URSS com apenas 2 ilhas no meio do Mediterrâneo.
Declaramos guerra a eles e rapidamente invadimos as ilhas, derrotando definitivamente a Itália e permitindo à URSS e aos aliados a anexarem.
Assim que trouxemos nossas tropas de volta da Europa e conseguimos um nível autocrático suficiente, a "Operação Bucaneiro" começou. Invadimos o Haiti, o anexamos e sucessivamente a República Dominicana também.
Iniciamos a guerra com Cuba e nossos bombardeiros táticos fizeram pouco da marinha deles.
http://thumb9.webshots.net/t/60/460/5/19/16/2481519160101665569edHSRy_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2481519160101665569edHSRy)
Mas os cubanos não quiseram se entregar facilmente. Enquanto invadíamos sua ilha, eles contra-atacaram no Haiti.
http://thumb9.webshots.net/t/55/455/7/67/62/2295767620101665569YhPWIx_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2295767620101665569YhPWIx)
Infelizmente para eles, continuamos nosso avanço em Cuba e quando a unidade inimiga estava sem suprimentos, retomamos a nossa província.
http://thumb9.webshots.net/t/50/550/3/27/13/2051327130101665569hncTdm_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2051327130101665569hncTdm)
No início de 1952 Cuba já havia sido anexada e os preparativos para o ataque ao México estavam sendo feitos.
http://thumb9.webshots.net/t/58/458/6/86/71/2859686710101665569MPalKo_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2859686710101665569MPalKo)
http://thumb9.webshots.net/t/62/462/4/66/92/2511466920101665569BlrbRj_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2511466920101665569BlrbRj)
Neste meio tempo, orquestramos a "Operação Xeque-Mate". Acordamos a paz com Portugal, devolvendo a eles a província de Lisboa em troca de todas as colônias e demais territórios portugueses.
Mas assim que a paz foi assinada e ocupamos as colônias, declarams novamente guerra aos portugueses, ocupando Lisboa e anexando definitivamente o país.
Ao chegar Maio de 1952 a "Operação La Bamba" teve início. Rapidamente derrotamos as forças mexicanas na fronteira, enquanto os bombardeiros táticos mantinham as divisões da retaguarda ocupadas.
http://thumb9.webshots.net/t/60/460/3/89/76/2058389760101665569nHLrXN_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2058389760101665569nHLrXN)
Nosso avanço foi rápido e em pouco tempo já ocupávamos uma província que tinha vital importância estratégica.
http://thumb9.webshots.net/t/62/462/6/4/67/2454604670101665569nhpcrI_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2454604670101665569nhpcrI)
Em Junho atacávamos todas as principais províncias mexicanas, vencendo em todas elas.
http://thumb9.webshots.net/t/52/452/8/19/83/2217819830101665569JhAGZc_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2217819830101665569JhAGZc)
Em Julho, já havíamos conquistado e anexado o México e concluído nosso projeto da nação latino-americana.
http://thumb9.webshots.net/t/63/463/5/63/72/2940563720101665569fOidOZ_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2940563720101665569fOidOZ)
http://thumb9.webshots.net/t/60/460/7/70/30/2770770300101665569IknpXt_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2770770300101665569IknpXt)
http://thumb9.webshots.net/t/52/452/6/67/56/2395667560101665569TuaUgW_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2395667560101665569TuaUgW)
Finalmente havíamos concluído nosso projeto. Mas deixar uma força militar como esta parada seria um disperdício.
A nossa experiência de ter nos aproveitado da desgraça italiana para conquistarmos novos territórios nos deu uma idéia.
Traçamos um novo projeto. Depois de encher os territórios ocupados com unidades para conter possíveis partisans, melhoramos nossa infraestrutura, pesquisamos tecnologias mais avançadas e atualizamos nossas armas.
Também iniciamos um processo de construção de navios de transporte, pois precisaríamos de muitos.
Na área diplomática, tratamos de melhorar nossas relações com a URSS e os aliados, para evitar qualquer surpresa.
http://thumb9.webshots.net/t/52/452/7/6/17/2237706170101665569cNEinT_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2237706170101665569cNEinT)
Em Abril de 1953 nosso plano mais secreto foi revelado. 45 divisões de infantaria e blindados foram transportadas até as praias do Japão e iniciaram a "Operação Ninja das Sombras".
O Japão já estava em guerra com os aliados e a URSS há muito tempo e suas forças estavam muito diminuídas. Eles já haviam perdido inúmeros territórios, mas ninguém havia ousado invadir a ilha ainda.
Pois nós fizemos isto.
http://thumb9.webshots.net/t/52/452/2/89/63/2509289630101665569eVoxlb_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2509289630101665569eVoxlb)
Realmente as forças japonesas estavam piores do que acreditávamos. Em pouco mais de meio ano já havíamos tomado praticamente todo Japão.
http://thumb9.webshots.net/t/60/460/8/42/88/2027842880101665569wWMsPH_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2027842880101665569wWMsPH)
http://thumb9.webshots.net/t/62/462/8/71/13/2384871130101665569mlsZCa_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2384871130101665569mlsZCa)
No final de 1953 a situação do país era bem diferente daquela quando assumimos o governo 17 anos atrás.
A infraestrutura era incomparavelmente melhor. As indústrias cresciam e o índice de rejeição ao governo (mesmo nos países anexados) era incrivelmente baixo.
Nosso exército estava bem treinado e dispunha de várias unidades. Nossa aeronáutica não era pouca e estava atualizada. A marinha estava em processo de reestruturação e atualização.
Embora os aliados e a URSS não quisessem nos aceitar nas suas alianças militares, já éramos um dos maiores países do mundo. Uma potência que se erguia e que já exigia respeito.
http://thumb9.webshots.net/t/50/550/7/92/35/2375792350101665569HYlNcq_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2375792350101665569HYlNcq)
http://thumb9.webshots.net/t/64/464/7/66/15/2080766150101665569kmHixz_th.jpg (http://good-times.webshots.com/photo/2080766150101665569kmHixz)

******** fim.

ODIN
03/07/2007, 09:24
Muito interessante...
Jogo DD/Amargeddon? nenhum mod?

lupus_rev
03/07/2007, 09:37
Muito bom!

ArcanjoZero
03/07/2007, 11:50
Obrigado, pessoal. Pretendo fazer outro jogo de Itália ou Alemanha e aí tirar +screens e fazer um AAR +descente.:angel:

Tou com o Doomsday patch 3 sem mod.:up:

Odin, tu joga ou jogou Age of Mithology?;)

ODIN
03/07/2007, 11:52
Odin, tu joga ou jogou Age of Mithology?;)
Mithology não só o age of empires... mas porque a pergunta?

tedesco
03/07/2007, 13:09
É que ODIN é um dos Deuses maiores do jogo. E os eu avatar é do ODIN do jogo... hehe

Mas, parabéns. Muto bom. Quando vo de brasil sempre faço algo paraçido. Só o Japão que achei uma locura... hahaha

Sempre prefiro pega os EUA.

Abraço...

ODIN
03/07/2007, 13:45
É que ODIN é um dos Deuses maiores do jogo. E os eu avatar é do ODIN do jogo... hehe
Ah tá, essa eu não sabia, qué dizer q eu catei o avatar do jogo?? Será q vou tomar processo da microsoft??:?



Mas, parabéns. Muto bom. Quando vo de brasil sempre faço algo paraçido. Só o Japão que achei uma locura... hahaha

Sempre prefiro pega os EUA.

Abraço...
Quero vero macho q faiz isso jogando HSR+DAIM no gofraz, huahuahua

tedesco
03/07/2007, 13:51
Ah tá, essa eu não sabia, qué dizer q eu catei o avatar do jogo?? Será q vou tomar processo da microsoft??:?


Quero vero macho q faiz isso jogando HSR+DAIM no gofraz, huahuahua

Chama o Bison ae... hahahaha

Santo das causas impossíveis. :D

ODIN
03/07/2007, 15:07
Chama o Bison ae... hahahaha

Santo das causas impossíveis. :D
O Bison não é mais o mesmo depois que apanhou pro artnus no Kaiser... deve tá com a alto estima lá embaixo o coitadino...rsrs

Guderian
03/07/2007, 15:10
Não sei como os EUA não DOW nem invadiram o Brasil, depois de todos estes DOW do Brasil nos países da América, que tem a independência garantida pelos EUA.

ArcanjoZero
03/07/2007, 16:12
Não sei como os EUA não DOW nem invadiram o Brasil, depois de todos estes DOW do Brasil nos países da América, que tem a independência garantida pelos EUA.
Pra ser bem sincero, tb ñ entendi.
Achei q eles iriam DOW qqr hora em mim e não fizeram, só continuaram influenciando minha política. Peguei e fiz o mmo, a relação tava quase sempre 200 entre nós.:up:

Edungeon
03/07/2007, 16:19
Boa ARR! Achei um sarro o nome das operações :P heheheh

Snake Eyes
03/07/2007, 17:39
Muito legal a campanha, vou tentar uma... consegui o jogo ontém e não sei nada!!!
a propósito alguém sabe como aumentar o IC?

[Artnus]
03/07/2007, 18:16
Bison foi desmoralizado nem adianta chamar ele (depois q ele viro puppet =] )


Obs: E Bison vai ter que me aturar =]

Der Meister
03/07/2007, 18:51
Muito legal a campanha, vou tentar uma... consegui o jogo ontém e não sei nada!!!
a propósito alguém sabe como aumentar o IC?

Contrói indústrias (mais demorado)
mude os ministros (coloqe os que dao 5% ou 10% mais ic)
invada os outros


tempo que nao jogo de brasil, vou ver se faço uma doideira dessas tb ehaiuehaui
eu fio 1 ano pra invadir o pais, preparando e tal =P

Sr. Bison
03/07/2007, 23:20
O Bison não é mais o mesmo depois que apanhou pro artnus no Kaiser... deve tá com a alto estima lá embaixo o coitadino...rsrs

Foi o Sauron que me derrotou. Sabe eu postaria uma resposta a altura das provocações mas não vou fazer isso não.

O Artnus já foi derrotado pelo nonagésima vez num MP, agora no atual em meados de 36 pediu arrego.

Só uma coisa: quem nunca jogou um MP na vida, bem com todo o respeito, mas se o cara nunca jogou um MP na vida que moral ele tem para comentar um ?

tedesco
04/07/2007, 00:31
Foi o Sauron que me derrotou. Sabe eu postaria uma resposta a altura das provocações mas não vou fazer isso não.

O Artnus já foi derrotado pelo nonagésima vez num MP, agora no atual em meados de 36 pediu arrego.

Só uma coisa: quem nunca jogou um MP na vida, bem com todo o respeito, mas se o cara nunca jogou um MP na vida que moral ele tem para comentar um ?

Bison, se era de mim que talvez você estivesse dizendo, é o seguinte;

Cara, quando disse pra chama você foi me referindo a tudo que já lí de você aqui na BF sobre HoI, e, você, Sauron devem ser bons bagarai no jogo.

Se disse algo que não devia, me desculpe. :up:

jmascioli
04/07/2007, 01:48
Opa, Opa, o clima tá esquentando aqui...
Pega leve pessoal...
E Parabéns ArcanjoZero, muito boa sua AAR.
Se não me engano é a primeira terminada aqui no fórum não é não?
Me corrijam se estiver errado.

ODIN
04/07/2007, 10:09
Foi o Sauron que me derrotou. Sabe eu postaria uma resposta a altura das provocações mas não vou fazer isso não.

O Artnus já foi derrotado pelo nonagésima vez num MP, agora no atual em meados de 36 pediu arrego.

Só uma coisa: quem nunca jogou um MP na vida, bem com todo o respeito, mas se o cara nunca jogou um MP na vida que moral ele tem para comentar um ?
Pô Bison, é só brincadeira, não poderia deixar passar essa oportunidade, mas é só porque tu é ferra, e uma derrota assim não acontece toda hora, né?!
:up:

ODIN
04/07/2007, 10:12
Se não me engano é a primeira terminada aqui no fórum não é não?
Me corrijam se estiver errado.
O Harpia terminou a dele Mascioli;)

O Império do Sol Nascente (http://battlecentral.xpg.com.br/forum/showthread.php?t=22554)
By Harpia - Japão (finalizada)

[Artnus]
04/07/2007, 21:00
Bison , bison... eu nao fuii derrotado, houve uma paz (eu nao virei puppet igual a vc) eu nuca fui derrotado em um MP (deser anexado)

Sr. Bison
05/07/2007, 01:43
Artnus vc virou puppet do Spy, mas não vou discutir com vc, vc é melhor, eu sou ruim e fim de papo, isso já deu o que tinha que dar além de desvirtuar esse tópico. Próximo post é on topic já estou avisando agora.:suspicious:

ArcanjoZero
16/10/2007, 15:46
Opa.
Só pra esclarecer...
ñ tá abandonada, tá encerrada...
é uma "micro AAR" hehehe, poucas imgs mesmo
Vlwz.