PDA

Ver Versão Completa : Conheça quem votou SIM e quem voltou NÃO no caso CPMF



João_Canabrava
06/10/2007, 12:23
Está ai a tabela:

Infelizmente meu candidato votou sim.

Link da reportagem original:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u330125.shtml

Pena que só saia estas tabelas na mídia de casos expecíficos. O legal seria ter o acesso fácil a essas informações de todas as votações, pois nós deveríamos saber quem vota contra a favor de todas as medias/votações e saber o conteúdo da matéria.



OLHEM no link a tabela, por aqui fica tudo desconfigurado.

Schroeder
06/10/2007, 13:39
Bem a vergonha descarada do roubo vai ser aprovada. Espero que o povo saia nas ruas e impeça esta carga tributária. Ainda me vem esse presidente aqui no estado SC falar que tem que aumentar os impostos porque o brasileiro tá ganhando mais.
Só não vo mandar pra outro lugar porque é antiético, o povo não tá ganhando mais não seu presidente, tá ganhando até menos do que ganhava ontem mas a diferença é que tem mais gente trabalhando.

OutKastBR
09/10/2007, 12:23
Todos do PT votaram sim...

Harpia
09/10/2007, 12:55
Para reflexão:

Vocês ainda caem em conversa de político e grandes empresários ?

Levanto uma questão, quantos políticos e grandes empresários se movimentam em prol da diminuição do Imposto de Renda ? Será devido ao fato de que IR somente nós trabalhadores é que pagamos e eles, por meios de diversos artifícios legais ou não, não importa, são isentos ou recebem restituição ? Não seria mais justo para todos que existisse a CPMF, mesma que com percentual mais alto, e o IRPF tivesse seu valor diminuído a um ponto de mero fiscalizatório ? A final CPMF todos pagam, basta ter movimentação bancária. Já viram uma grande empresa reclamando do IR ? Já viram políticos fazendo isto ?

Pensem, reflitam e tirem suas conclusões, mas por favor, não sigam como um bando de lemmings o que a mídia divulga sem antes fazer uma análise do que está escrito.

P.S.: Não estou emitindo posição favorável a CPMF com está, apenas lançando um questionamento sobre o que acontece na mídia.

Schroeder
09/10/2007, 13:43
Bem eu sou a favor da CPMF se ela fosse pra saúde pública que tá indo de mal a pior.
O SUS já faliu a tempo só que ninguém admite isto, esta na hora de repensar a saúde pública no país.
Quanto ao IRPF este concerteza vai abranger toda a sociedade pois sua aliquota nunca será atualizada. Sendo assim mais cedo ou mais tarde todos vão estar pagando IRPF também.

Piracicaba
09/10/2007, 21:16
CPMF atinge a todos os trabalhadores. Empresários embutem o imposto no produto e amortizam uma grande parte dele. Temos é que ter regras claras para tributação e não essa miríades de legislações e União passando a perna em Estados e Municipíos e vice-versa. O Governo está batendo recordes de arrecadação por causa do crescimento econômico, assim, porque continuar com a CPMF?

É uma outra questão a ser discutida.

Piracicaba

Schroeder
09/10/2007, 21:29
Se pelo menos o governo distribuisse a CPMF entre os estados.
Sabe tem o ponto que a maquina pública tá sendo mal administrada financeiramente. Aqui em Santa Catarina por ano o governo arrecada em impostos estaduais quase 9 Bilhões de reais.
Mas de cada 1 real que arrecada sobra R$0,03 para investimentos. O restante é para pagar os gordos salarios e outras obrigações.

Dread
10/10/2007, 00:06
olha , se isso aki , fosse um pais digno de se viver , eu aceitaria
o problema eh
vc paga IR
vai no hospital publico , passa horas em um corredor , eh mal atendido e talz
vc vai na escola publica , um lixo , algumas sao uma vergonha , e outras tbem

se ker q seu filho tenha uma boa formação , tera q pagar uns 500 reais por mes , para mante-lo numa boa escola particular ,isso , soh a mensalidade , fora condução , lanches e materiais

se ker ir num hospital e ter seu problema resolvido , seja ele qual for , vc , sem duvidas , ira num hospital particular , com seu convenio e talz

d td o imposto de renda, duvido q 1% seja investido realmente no pais...

Harpia
10/10/2007, 07:25
CPMF atinge a todos os trabalhadores. Empresários embutem o imposto no produto e amortizam uma grande parte dele. Temos é que ter regras claras para tributação e não essa miríades de legislações e União passando a perna em Estados e Municipíos e vice-versa. O Governo está batendo recordes de arrecadação por causa do crescimento econômico, assim, porque continuar com a CPMF?

É uma outra questão a ser discutida.

Piracicaba

Concordo,

Somente acho que deveríamos diminuir o IR e aumentar a CPMF, pois como disse os impostos de produtos, no final, são pagos por nós mesmos, sem falar nos casos de créditos do Cofins/Pis/Pasep/etc..., aonde, dependendo da cumulatividade ou não e do tipo de tributação e lucro, existe o pagamento de uma alíquota menor e o crédito de uma alíquota maior, e outras brechas tributárias.

O mais correto, ao meu ver, seria um imposto de larga abrangência, tal qual o IVA ou a própria CPMF, e a extinção de grande parte dos demais ou a transformação de outros (tais quais o IR) em instrumento meramente fiscalizatório. Imposto este que por ser nos moldes da CPMF (algo como percentual sobre a movimentação bancária ou similar) é o mais econômica e socialmente justo, pois que tem mais paga mais e não pode (ou se puder é muito mais difícil) de ser burlado.

Mas como já falei, rico não paga IR, empresários não pagam IR, políticos não pagam IR, logo para que mexer.

Nanau
10/10/2007, 08:09
Pra quem lembra o cara que inventou a CPMF apresentou sua idéia como um imposto único.

A alíquota seria maior e todos os outros impostos extintos.

CapBlah
11/10/2007, 07:04
Para reflexão:

Vocês ainda caem em conversa de político e grandes empresários ?

Levanto uma questão, quantos políticos e grandes empresários se movimentam em prol da diminuição do Imposto de Renda ? Será devido ao fato de que IR somente nós trabalhadores é que pagamos e eles, por meios de diversos artifícios legais ou não, não importa, são isentos ou recebem restituição ? Não seria mais justo para todos que existisse a CPMF, mesma que com percentual mais alto, e o IRPF tivesse seu valor diminuído a um ponto de mero fiscalizatório ? A final CPMF todos pagam, basta ter movimentação bancária. Já viram uma grande empresa reclamando do IR ? Já viram políticos fazendo isto ?

Pensem, reflitam e tirem suas conclusões, mas por favor, não sigam como um bando de lemmings o que a mídia divulga sem antes fazer uma análise do que está escrito.

P.S.: Não estou emitindo posição favorável a CPMF com está, apenas lançando um questionamento sobre o que acontece na mídia.

Harpic, um amigo meu formado em direito e altamente politizado, mas não político me disse uma coisa que me fez mudar o pensamento sobre isso... Ele disse: "Qualquer imposto que não seja escalonado e aplicado em taxas superiores aos mais ricos e inferiores aos mais pobres, está errado em sua concepção. Nisso entra CPMF, ICMS, etc, etc, etc."

E pensando bem... Ele tem razão... Como querer uma política mais equalitária enquanto temos tantos impostos com tarifa única, não importa quem seja ? E os impostos que são escalonados, são os principais alvos de sonegação, pois em uma só tacada, você sonega mais, percentualmente falando.

Harpia
11/10/2007, 08:16
Harpic, um amigo meu formado em direito e altamente politizado, mas não político me disse uma coisa que me fez mudar o pensamento sobre isso... Ele disse: "Qualquer imposto que não seja escalonado e aplicado em taxas superiores aos mais ricos e inferiores aos mais pobres, está errado em sua concepção. Nisso entra CPMF, ICMS, etc, etc, etc."

E pensando bem... Ele tem razão... Como querer uma política mais equalitária enquanto temos tantos impostos com tarifa única, não importa quem seja ? E os impostos que são escalonados, são os principais alvos de sonegação, pois em uma só tacada, você sonega mais, percentualmente falando.

Ponto interessante a se pensar, merece uma análise sobre o que seria mais justo.

ZOIO_PG
14/12/2007, 09:31
Eu era a favor da cpmf, pois existem outros impostos BEM piores.

Volts
14/12/2007, 22:46
Todos do PT votaram sim...

isso ja era de se esperar ..

MORINGA
15/12/2007, 00:24
Pra quem lembra o cara que inventou a CPMF apresentou sua idéia como um imposto único.

A alíquota seria maior e todos os outros impostos extintos.

Fala o nome logo. Marcos Cintra?
Pelo menos a idéia do imposto único do MC era de 1% pra quem vende e 1% pra quem compra, ainda com artifícios pra evitar o cascateamento do imposto, o que NÃO ocorre hoje com a CPMF.


"Qualquer imposto que não seja escalonado e aplicado em taxas superiores aos mais ricos e inferiores aos mais pobres, está errado em sua concepção. Nisso entra CPMF, ICMS, etc, etc, etc."

E pensando bem... Ele tem razão... Como querer uma política mais equalitária enquanto temos tantos impostos com tarifa única, não importa quem seja ? E os impostos que são escalonados, são os principais alvos de sonegação, pois em uma só tacada, você sonega mais, percentualmente falando.

Não, não tem razão, se esses "mais ricos" puderem repassar seus impostos a seus clientes. No final das contas, quem paga a CPMF é assalariado; não tem essa de rico otário que paga a própria CPMF e a de seus fornecedores: repassa-se toda essa taxação pro cliente.

saullopcb
15/12/2007, 12:52
A culpa eh sempre do empresarios ?