PDA

Ver Versão Completa : [POLÍTICA] Rússia e Brasil negociam construção de equipamentos militares



Phack
20/08/2011, 11:27
Acordo deve incluir o fornecimento de Su-35 e a montagem do carro blindado Tiger no país sul-americano.

A Rússia e o Brasil estão negociando a criação conjunta de novos equipamentos militares, comunicou nesta quarta-feira (18) o diretor-geral da Rosoboronexport, Anatóli Isáikin, durante o salão aeroespacial MAKS 2011.

“As perspectivas de uma colaboração técnica e militar são muito boas. Isso não deverá ocorrer apenas na área de fornecimento de aparelhos, mas também diz respeito à cooperação com empresas do complexo militar-industrial brasileiro. Estas negociações estão em curso”, afirmou ele, para quem a Rússia e o Brasil têm chances concretas de chegar a um acordo.

Atualmente, a Rosoboronexport já conduz negociações sobre a montagem em território brasileiro do carro blindado Tiger, bem como a produção licenciada de produtos de alta tecnologia do equipamento militar russo, incluindo o avião de combate Su-35, de geração 4++.

Defesanet

carabina
20/08/2011, 11:51
Nem precisa, as AK-47 e RPG's já dominam com os traficantes.

M. Galego
20/08/2011, 12:17
Acordo deve incluir o fornecimento de Su-35 e a montagem do carro blindado Tiger no país sul-americano.

A Rússia e o Brasil estão negociando a criação conjunta de novos equipamentos militares, comunicou nesta quarta-feira (18) o diretor-geral da Rosoboronexport, Anatóli Isáikin, durante o salão aeroespacial MAKS 2011.

“As perspectivas de uma colaboração técnica e militar são muito boas. Isso não deverá ocorrer apenas na área de fornecimento de aparelhos, mas também diz respeito à cooperação com empresas do complexo militar-industrial brasileiro. Estas negociações estão em curso”, afirmou ele, para quem a Rússia e o Brasil têm chances concretas de chegar a um acordo.

Atualmente, a Rosoboronexport já conduz negociações sobre a montagem em território brasileiro do carro blindado Tiger, bem como a produção licenciada de produtos de alta tecnologia do equipamento militar russo, incluindo o avião de combate Su-35, de geração 4++.

Defesanet

Então, aquilo que eu comentei sobre a EMBRAER desenvolver algo com alguém, pode não envolver a França, mas a Rússia.

Será que esse enrolar todo do FX-2 é por causa de algo que esteja acontecendo nos bastidores?

Numa primeira etapa, uma reorganização da antiga Engesa e, numa segunda ou terceira etapa, colaboração no desenvolvimento de um avião de caça?

Phack
20/08/2011, 13:13
Adoraria ver caças russos no Brasil. São muito bonitos.
Mas espero que se vierem não venham as sucatas de exportação.

RHBH
20/08/2011, 15:15
Russos: - Vocês fornecem a materia prima pra gente né?
Brasil: - Sim, sim mas é claro!
Russos: - Ok, no Natal lhe mandamos um protótipo de presente!

:twisted:

COELHO
20/08/2011, 15:47
Acho que por trás disso tem tanta, mas TANTA coisa que sequer imaginamos que ficar hipotetizando cenários do Brasil produzindo material bélico de ponta para exportação (não se iludam... as forças armadas do Brasil precisam de mais de 10 anos pra comprar um punhado de caças, 20 pra produzir um submarino por falta de verba, imagina se teriam orçamento pra comprar e atualizar constantemente caças, submarinos e blindados) chega ser parecido com aquelas nossas fantasias momentâneas depois de jogar na mega-sena acumulada, pensando o que faríamos com o $ no dia seguinte...

Como leigos, temos que torcer apenas pra que não se compre sucata e que a tal transferência tecnológica seja pra valer.

Esperar isso da França no submarino e nos Rafales é dar murro em ponta de faca, vide a venda do "SucatoFochs", São Paulo que segundo meu padrinho, contra-almirante da reserva, hoje em dia está PARADO por dificuldades OPERACIONAIS, confirmando que o Brasil recebeu um LIXO desequipado.

Saab, Gripen? Uma aposta. O povo é sério, levam a sério tudo que produzem mas não são belicosos, não tem "experiência em campo"; É como comprar um carro chinês, baratinho, completo, com tudo de "bom" mas que você não tem menor noção do que vai ser daqui a 5 anos.

Sobram nossos bons e velhos amigos Russos com o magnífico SU-35 e Tiosams com seu lindo F-18.

É muito difícil opinar. Se por um lado os Russos devem ter um pacote mais custo x bené melhor, imaginem converter todos os softwares e aviônica russa pro Brasil em uma transferência de tecnologia, que no fundo seria mesmo uma transferência de CULTURA ESPACIAL. Ou então se maomé não vai a montanha...
Estágio de 2 anos em moscou e russo fluente pros pilotos e aspirantes a pilotos em russo... se bobear sai mais barato! :troll:;

A vantagem americana está aí. Tudo pronto, pilotos acostumados aos controles e linguagem técnica, Boeing por trás já com aparato de manutenção (ou vocês conhecem algum hangar no Brasil pronto pra consertar Migs, Sukhoys e Tupolevs? :B)

E tem a barganha.
Americanos prometem comprar e apoiar o novo cargueiro da Embraer. Mentira eu não acredito... eles já compram aviões AWACS de pequeno porte EMB pra USAF.

Russos agora vem com essa de produzir blindados na contrapartida, Franceses ofereceram mais apoio ao submarino nuclear brasileiro...

Ou seja... a briga é NA VERDADE de quem vai dar mai$ por debaixo dos panos... que se fodam as forças armadas pq no fundo todo mundo sabe que o BR nunca vai se meter em nada demais em termos bélicos... mas o que entristece é a miopia;

Um país que conseguiu construir quase que a marretadas um tanque como o OSÓRIO, venceu o M1 Abrahams em provas e tinha tudo pra se tornar um exportador de equipamentos bélicos de 1a, sem força política, apanhou nos lobbys desse mercado carniceiro dominado pelos EUA.

POR ISSO talvez a Russia seja uma aposta melhor. Quanto menos grana no orçamento militar americano, mais LIBERDADE pros povos.

RHBH
20/08/2011, 16:07
Depois de ler o texto do Coelho, eu pensei:

Eu gosto dos equipamentos militares que aparecem nos filmes "Transformers" :)

Dr.Cactus
20/08/2011, 17:09
Brasil vai produzir TIGERS? Adivinha o que pensei hauhauhau

http://www.scaleworkshop.com/workshop/images/tiger1s33cw_17.jpg

COELHO
20/08/2011, 17:35
já o templar pensou em:

http://image.blingee.com/images15/content/output/000/000/000/3d6/222511413_1662612.gif?4

Sgt.KAR98
20/08/2011, 18:03
Impossível,o Brasil tá chupando a França tanto que vai comprar até o lixo nuclear dela! (não os submarinos,o lixo atômico de fato)

Não sei como o Brasil pode comprar equipamento militar de um país que tem pouca tradição,se rendeu no começo da Segunda Guerra e que vai vender pro Brasil o caça mais pelado e sucateado que tiver.
Pior que o Brasil já tem a cultura de comprar sucata.Os A-4 da marinha foram usados por uns 10 ano pela USN,mais 10 por um país árabe e vieram parar aqui.Tão mais rodados que aqueles ônibus que tem no Amazonas.

RHBH
20/08/2011, 18:14
Kar98, a frança não se rendeu foi estuprada, é diferente huasuhasuhas

Dps eles se prostituíram!

M3d0nh0
20/08/2011, 18:31
Brasil se transformando em um pólo fabril de armamento de ponta?

:no2:

Baseado no que conheço sobre nossos governantes no mínimo estão molhando a mão de alguns políticos safados daqui para aprovar a compra de itens sucateados do armamento russo ou então vão fornecer matéria prima a preço de banana.

Se até o Paraguai e a Bolivia sacaneiam a gente em acordos bilaterais imagina os russos o que não vão aprontar.

Togakure
21/08/2011, 01:17
nao se esqueça tuelho, os avioes nos EUA, ZOOROPA, BR e paises signatarios da ICAO vooam em MPH, PES e os sistemas sao totalmente diferentes da mae russia, la eles voam em KMH, METROS e avionica e outras coisitas sao diferentes demais, tanto que vc para voar na russia, china etc.. Tem que fazer um treino das diferencas antes.

COELHO
21/08/2011, 02:26
então, seu dislexo... o que que eu falei? :B

Kowalsky
21/08/2011, 21:40
Alguns anos atrás, Brasil e Russia já tinham negociado a venda desse jipe blindado (esse tal de Tiger), junto com os Mi-35, mas só os helicópteros vieram.

Eles devem ter retomado as negociações.

E o projeto FX-2? Aonde entra nessa brincadeira?