Pgina 431 de 432 PrimeiroPrimeiro ... 331381421424425426427428429430431432 ltimoltimo
Exibindo resultados 4.301 a 4.310 de 4316

Tpico: PoliticaCentral | Poltica do Brasil - Notcias e Discusses

  1. #4301
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    2.588
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    Janaina Paschoal ameaa deixar bancada do PSL
    Brasil 20.05.19 14:47


    https://www.oantagonista.com/brasil/...ancada-do-psl/

    Janaina Paschoal deixou o grupo de WhatsApp dos parlamentares do PSL na Assembleia Legislativa de So Paulo e est ameaando deixar a prpria bancada.

    A deputada estadual, recordista de votos no pas, questionou o “vdeo maluco de Messias” –do pastor Steve Kunda, recentemente divulgado por Jair Bolsonaro.

    Em udio, ela ainda questionou a sanidade do presidente: “Eu peo que vocs assistam e respondam: ‘O senhor, um presidente da Repblica, na plenitude de suas faculdades mentais, publicaria um vdeo desse?’”

    Em seguida, Janaina escreveu:

    “Amigos, vocs esto sendo cegos. Estou saindo do grupo, vou ver como fao para sair da bancada. Acho que os ajudei na eleio, mas preciso pensar no pas. Isso tudo responsabilidade”.

    Ouvida pela rdio Jovem Pan, a professora de direito na USP confirmou as mensagens, mas negou que esteja rompendo com Bolsonaro.

    “Eu no estou abandonado o presidente de maneira nenhuma. Eu estou tentando salvar um governo no qual eu votei e trabalhei muito para eleger, mas para governar nas regras do Estado Democrtico de Direito. No consigo ver lgica em um governo convocar manifestaes.”


    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa me: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memria: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vdeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  2. #4302
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    2.588
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    1,69% no 30%
    Quase tudo apenas uma previso, j que para o futuro so imponderveis as variantes, a no ser para Deus

    https://www.otempo.com.br/opini%C3%A...9-30-1.2183554

    A formulao do Oramento Geral da Unio transita como projeto de lei no Congresso, para ser em seguida sancionada pelo presidente da Repblica. Segue as regras constitucionais e passa por acirrado debate, j por envolver centenas de bilhes de reais em verbas pblicas.

    preciso ter presente que, antes de ser discutido, antecipado pela aprovao de outra lei, que conhecida como LDO, ou Lei de Diretrizes Oramentrias. Na LDO esto cravados os critrios que norteiam e delimitam os pontos principais do Oramento, como as cotas atribudas a cada setor da administrao pblica, as prioridades na sade, educao e demais itens.

    O governo envia ao Congresso uma proposta de execuo do Oramento que se baseia em previses de arrecadao e despesas. Quase tudo apenas uma previso, j que para o futuro so imponderveis as variantes, a no ser para Deus. As previses iniciais so corrigidas no decorrer do exerccio, quando a proximidade dos resultados j est vista.

    As variaes podem ser muito significativas, como aconteceu entre 2014 e 2017, quando o Brasil previa crescer e teve quedas seguidas de quase 4% do Produto Interno Bruto (PIB) a cada ano. Muito teve que se adiar, suspender, cancelar, e isso estourou os dficits da Unio e, em decorrncia, dos Estados e dos municpios.

    Colaboram para as previses do Oramento da Unio os estudos do Ipea, do IBGE, da Fundao Getulio Vargas e de outros entes de reconhecida credibilidade. Os dados so tomados como base para se estabelecer a expanso ou retrao do PIB, a inflao, o valor cambial da moeda etc.

    Pois bem, essa explicao no se volta a quem j “sabe”, mas para quem ainda no estudou ou teve acesso aos meandros da administrao pblica. Pessoalmente, tive experincia participando na formulao do Oramento da Unio, por 16 anos seguidos, como parlamentar federal, e “tive que” aprender as regras, a lgica e o desenrolar dessas obrigaes.

    Portanto, com essa experincia, estranhei nos ltimos dias as informaes distribudas a ferro e fogo pela mdia e por entidades de um suposto corte de 30% do Oramento da educao. Isso seria um corte de R$ 37 bilhes. Ora. Parece ter uma explorao da ignorncia, justificada em 99% da populao, que no tem conhecimento esmerado nem obrigao de t-lo em questes complexas.

    Primeiramente: um Oramento contempla previses, em segundo plano a execuo do Oramento deve se adaptar realidade da arrecadao e das metas aprovadas. Existe tambm um vcio congnito no Oramento aprovado pelo Congresso: aumenta-se a previso de arrecadao para poder contemplar mais pleitos e no brigar em cortes que depois o governo ter que obrigatoriamente realizar. O inchao das previses regra consagrada que gera o contingenciamento (suspenso da previso de despesa).

    J no final do exerccio, com execuo praticamente concluda, os restos podem se deslocar para o Oramento seguinte ou, mais raramente, ser cancelados. A outra negociao com o Congresso.

    No setor de educao, as despesas obrigatrias na ltima dcada chegaram perto de 90% do Oramento total. Por isso, veicular um “corte de 30% da educao”, com vis catastrfico, confundir as cartas no momento em que o ministrio anuncia um contingenciamento de R$ 2,08 bilhes, ou de 1,69% do Oramento do Ministrio da Educao, que em 2019 de R$ 122,9 bilhes. A educao continua com R$ 120,1 bilhes, um dos maiores Oramentos da histria nacional.

    O corte se refere aos gastos “discricionrios”, inicialmente previsto em R$ 6,99 bilhes, deixando R$ 4,91 bilhes disposio das universidades federais, que continuam com a integralidade das verbas obrigatrias (salrios, cerca de 88% do total).

    No teve corte de repasses para o ensino fundamental nem para o mdio, que so a base da educao.

    Embora R$ 2,08 bilhes possam ser bem empregados em universidades, essa prtica de contingenciamento (adequao ao nvel de receitas arrecadadas) no nasceu agora. Existe desde sempre. Nos ltimos dez anos houve contingenciamento (apenas em dois no teve). Os valores variaram de sucessivos cortes de R$ 1,9 bilho em 2010 (Lula) a R$ R$ 10,5 bilhes em 2015, primeiro ano do segundo mandato de Dilma Rousseff, quando atingiu 10% do total do Oramento anual do ensino. Nos ltimos dez anos, a mdia de queda foi de R$ 3,1 bilhes por ano, ou cerca de 2,8% do Oramento anual.

    O anncio de contingenciamento de 2019, primeiro ano de Bolsonaro, at deveria ser festejado por seu “msero” 1,69% das verbas anuais, pois seria o terceiro menor corte da dcada e um tero abaixo da mdia do perodo. No primeiro ano do segundo mandato de Dilma Rousseff, o corte foi de R$ 10,5 bilhes e 590% superior (0,10/0,0169 = 5,90 x 100 = 590%) em relao ao atual de 2019.

    A reao que tomou conta das ruas parece desproporcional. Multides agora e ningum em 2015.

    Sem entrar no julgamento, mas uma reflexo: no Brasil temos 50 milhes de pessoas abaixo da linha de pobreza, 13,1 milhes de desempregados, a maior carga tributria da Amrica, a mais arcaica burocracia do planeta, e ainda sabe-se que uma reforma da Previdncia (apenas tocando nos privilgios, e no nos trabalhadores com teto de at cinco salrios) geraria um aumento do PIB de 5% a 6% ao ano por uma dcada, ou mais 7 milhes de empregos at 2022. Acrescente-se que, em decorrncia, a renda per capita poderia dobrar em termos reais, inundando o Brasil de um progresso “chins”.

    Continuando, podemos dizer que revoltante ter uma superlotao de cadeias e 62 mil homicdios por ano, verdadeiro extermnio, alm de milhes de dependentes qumicos, de estradas lastimveis, etc., etc. Enfim, um pas que tem problemas imensos e fica em casa assistindo televiso com o pescoo dobrado sobre seu smartphone, sendo confundido por cortes de R$ 2,08 bilhes (fonte: Andifes) de despesas discricionrias, enquanto o pas anda deriva por questes infinitamente maiores e absurdamente mais graves.

    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa me: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memria: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vdeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  3. #4303
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    2.588
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    Exclusivo: Venda da Embraer Comercial condenar rea de Defesa, diz parecer sigiloso da FAB
    SALVAR
    Brasil 23.05.19 19:00
    Por Claudio Dantas

    O Antagonista obteve com exclusividade o parecer tcnico do Comando da Aeronutica sobre a negociao entre a Boeing e a Embraer, aprovada pelo governo de Jair Bolsonaro.

    O documento de 28 pginas traz concluses favorveis ao negcio, mas despreza, curiosamente, informaes tcnicas importantes elencadas ao longo da anlise.

    Uma delas diz respeito perda da capacidade de inovao com a separao das reas comercial (vendida para a Boeing) e militar.

    Na anlise da Aeronutica, a proposta de separar as duas reas “ir eliminar o processo de investimento pblico brasileiro na inovao da Embraer Defesa, pois no ser coerente investir recursos para novas tecnologias que sero transferidas para a Embraer Comercial”, que passar ao controle da Boeing.

    “Desta forma, a rea de Defesa estaria condenada a no ter todas as possibilidades para pesquisa e inovao.”





    Exclusivo: Parecer da FAB indica que Embraer ‘salvou’ Boeing
    SALVAR
    Brasil 23.05.19 19:31
    Por Claudio Dantas

    Desde o incio das negociaes da Embraer com a Boeing, prevaleceu a tese de que a venda da rea comercial (a mais lucrativa) era a nica maneira de salvar a companhia brasileira. O parecer tcnico da FAB, obtido com exclusividade por O Antagonista, indica o oposto.

    A fabricante americana, segundo o documento, que precisava do portflio de aeronaves da Embraer para manter a posio de liderana no mercado mundial.

    Uma aeronave com capacidade entre 100 e 150 passageiros; outra para transportar de 150 a 200, e ainda uma terceira “aeronave competitiva para a faixa de 200 a 250 passageiros, substituindo o B737 Max” (que virou um mico depois de recentes acidentes – o relatrio da FAB de dezembro de 2018).

    O relatrio ressalta ainda a necessidade da Boeing por engenheiros novos, j que seu quadro de profissionais “est envelhecido” e prximo da “aposentadoria”.







    Exclusivo: Comando da FAB ignorou ressalvas tcnicas e aprovou negcio com a Boeing
    SALVAR
    Brasil 23.05.19 20:02
    Por Claudio Dantas

    No parecer sigiloso, obtido por O Antagonista, o Comando da Aeronutica conclui favoravelmente pelo negcio da Embraer com a Boeing.

    Curiosamente, ignora as ressalvas tcnicas feitas ao longo do documento e endossa a verso oficial de salvao da companhia brasileira.

    Nada fala das necessidades da Boeing, que dariam Embraer posio estratgica para melhorar as condies do negcio. Nada tambm sobre a incapacidade de garantir investimentos na rea de Defesa ou sobre o risco de absoro do corpo de engenheiros pela Boeing.




    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa me: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memria: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vdeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  4. #4304
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    2.588
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    R$ 68,9 bi em programas de subsdios sero revistos
    Estratgia da equipe econmica reduzir incentivos de oito programas em um tero at o fim de 2022

    Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo
    24 de maio de 2019 | 04h00

    https://economia.estadao.com.br/noti...os,70002841434

    Oito programas e aes financiados via subsdios federais entraro na mira do pente-fino que ser feito ainda este ano pelo governo federal, incluindo a Zona Franca de Manaus. A reavaliao dessas polticas, que custaram R$ 68,9 bilhes em 2018, ser conduzida pelo Comit de Monitoramento e Avaliao dos Subsdios (CMAS) e ajudar na estratgia da equipe econmica de reduzir as renncias em um tero at o fim de 2022.

    A reverso de benefcios tributrios considerada uma aliada importante da equipe econmica no ajuste fiscal, pois ajudaria na recomposio das receitas. Hoje os incentivos representam 20,9% da arrecadao administrada pela Receita Federal e 4,3% do PIB.

    Tentativas de reduzir essas renncias, porm, costumam enfrentar fortes resistncias no Congresso Nacional, geralmente sensvel ao lobby de setores interessados em receber subsdio da Unio. O governo precisa do aval dos parlamentares para rever boa parte desses benefcios.

    O secretrio de Avaliao de Polticas Pblicas, Planejamento, Energia e Loterias, Alexandre Manoel, explica que o objetivo no acabar com todos os subsdios, mas adequar aqueles que no trazem o retorno esperado ao Pas. “Com ajuste, podemos corrigir o que no est trazendo retorno, e ainda tem o ganho fiscal”, afirma.

    Todo ano haver uma nova lista de programas a serem avaliados. A partir do ano que vem, a definio dos alvos seguir critrios que constaro no Plano Plurianual (PPA) 2020-2023, que ser encaminhado no fim de agosto ao Congresso Nacional e formalizar a meta do governo de reduzir as renncias. O Tribunal de Contas da Unio (TCU), que tem acompanhado a elaborao do PPA, tambm vai monitorar o cronograma de reavaliao dos subsdios.



    Alvos do pente-fino do governo nos subsdios

    A lista das iniciativas que sero avaliadas em 2019 a primeira agenda formal de avaliao desde que o CMAS foi constitudo, em novembro de 2018. Alm da Zona Franca, esto na mira a Conta de Desenvolvimento Energtico (CDE), que transfere R$ 19,2 bilhes em subsdios para a conta de luz paga pela populao; o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies); a Lei da Informtica (que concede incentivos para quem investe em tecnologia); e a Certificao de Entidades Beneficentes da Assistncia Social (Cebas) na rea de educao – filantrpicas que oferecem bolsas de estudo em troca de benefcios fiscais.

    Tambm esto na lista programas de subsdio produo agrcola, como o Proagro, que concede crdito mais barato a pequenos e mdios produtores, e o PSR, que concede subveno a quem contrata seguro para as lavouras. Outros alvos so o Programa de Gerao de Emprego e Renda (Proger) e o Programa Nacional de Microcrdito Produtivo Orientado.

    Alguns programas da lista j foram reformulados, como o Fies, ou esto em fase de reestruturao. Mas o secretrio defende que a avaliao precisa ser contnua, por isso a incluso na agenda.

    Outros, como a prpria Zona Franca de Manaus, j foram piv de diversas quedas de brao entre o governo e o Congresso Nacional, onde parlamentares das regies beneficirias costumam se mobilizar para proteger os interesses do local.

    A Zona Franca o benefcio mais caro da lista a ser analisada em 2019. Ela custou R$ 25,1 bilhes no ano passado, valor que pode crescer aps o Supremo Tribunal Federal (STF) ter decidido estender os benefcios a empresas que compram insumos da regio. A fatura adicional calculada em R$ 16 bilhes.

    O economista Marcos Mendes, consultor legislativo do Senado e ex-chefe da assessoria especial do Ministrio da Fazenda, afirma que o custo fiscal da Zona Franca muito elevado diante do retorno obtido. Ele cita um estudo da Fundao Getlio Vargas (FGV) encomendado pelas empresas instaladas na regio que aponta um custo de R$ 250 mil ao ano por emprego gerado, enquanto um trabalhador mdio brasileiro tem um custo de R$ 56 mil ao ano. “No limite, sairia mais barato dar o dinheiro a essas pessoas”, afirma Mendes.

    Para ele, a Zona Franca gera problemas de eficincia por conta da localizao (um polo de produo afastado dos centros consumidores, o que eleva custos de transporte), alm de desincentivar a competitividade para exportar (uma vez que o benefcio dado apenas para vendas internas) e a produtividade como um todo. O consultor entende que necessrio reestruturar a poltica da regio, com um perodo de transio.

    “Nos pases que fizeram poltica industrial bem-sucedida, os benefcios foram sempre temporrios. Um modelo em que o subsdio precisa ser perptuo mostra que a empresa no consegue ser competitiva com as prprias pernas. algo muito complicado, gera problema de produtividade, est estimulando a aplicao de trabalho e capital do Pas nas atividades que no so mais produtivas”, afirma.

    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa me: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memria: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vdeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  5. #4305
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    2.588
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    Em entrevista POCA, presidente em exerccio falou sobre a escolha do novo PGR, criticou a comunicao do governo e disse que o nmero dois do Itamaraty tem sido freio a Ernesto Arajo

    https://epoca.globo.com/guilherme-am...ourao-23723373

    "No off, no. Pode ser em on mesmo." Foi assim que o presidente da Repblica em exerccio, Hamilton Mouro, recebeu ontem a coluna para uma entrevista na sala da Vice-Presidncia, no anexo do Palcio do Planalto. Com os termos em ingls, Mouro foi claro, com POCA, que no falaria extraoficialmente, ou seja, off the records. Pediu para gravar a conversa, pedido a que a coluna no se ops. Esta quinta-feira foi a stima vez em que Mouro segurou a caneta presidencial. Est tranquilo, principalmente porque v uma crescente tranquilidade entre os ncleos ideolgico e militar, que racharam o governo Jair Bolsonaro desde janeiro.

    Leia abaixo trechos da entrevista.

    O senhor viajou para a China logo depois do 15 de maio. O que achou dos protestos contra os cortes na Educao?

    O governo errou na comunicao. Contingenciamento acontece todo ano. Falaram em corte, e a coisa deu errado.

    Mas em 15 de maio o responsvel pela Comunicao j era o novo secretrio, Fabio Wajngarten. Foi um erro dele?

    A comunicao foi ruim... Do governo, dos ministrios. Tinham de ter dito que foi contingenciamento. Isso tinha de ser mostrado para todo mundo. Ningum falou dos restos a pagar que foram pagos. O ministro se comunicou mal. Tinha de explicar as razes.

    E o que achou de o ministro Weintraub danar com um guarda-chuva nas redes sociais? Ele j cantou "Singing in the rain" para o senhor?

    [Risos]. No conheo direito o Weintraub. Mas ele nunca cantou.

    VDEO: DEPUTADO DO [/paste:font]

    O que o senhor achou da proposta do presidente, de tirar a obrigao da cadeirinha para reforar a segurana de crianas no carro?


    So as ideias do presidente, no ? Isso vai muito no livre-arbtrio da pessoa, no ? Se ela for esclarecida, se for responsvel com a segurana do seu filho, vai colocar cadeirinha para o filho pequeno.

    O senhor no acha que o governo perde muito tempo mandando projetos para o Congresso sem conversar com ningum antes? O Congresso j disse que no aprova isso.

    Isso vai ser discutido no Congresso. s vezes a gente perde tempo numa discusso que no vai render nada.

    Essa a nossa pergunta. O presidente no deveria conversar antes? Ter um dilogo?

    o jeito do presidente. Ele pensa de maneira setorizada.

    As coisas deram uma acalmada na relao entre os ncleos militar e ideolgico, no? Depois de o Olavo de Carvalho atacar o general Eduardo Villas Bas, debochando da doena dele, aquilo meio que foi o fundo do poo da relao entre militares e olavistas, no foi?

    Foi. Algum chegou para essa turma [os olavistas] e disse: "Chega". Acho que o prprio presidente pode ter feito isso.

    Foi o presidente que fez isso?

    No sei.

    O ministro Augusto Heleno?

    No sei.

    O vereador Carlos Bolsonaro parece ter sido controlado. Foi?

    O Carlos sumiu.

    Depois de viajar para os Estados Unidos, estar com o vice Mike Pence, ir a Harvard e se reunir com o primeiro-ministro chins, qual a avaliao que o senhor faz da poltica externa brasileira? No passado, o senhor disse que no via uma poltica externa na gesto do Ernesto Arajo.

    Melhorou. O presidente deu algumas diretrizes. Foi claro sobre a importncia da China. Falei com ele sobre Rssia, os Brics e da importncia de ele ir China. Ele vai ao Japo, no G20. Conversei com o Otvio para sermos pragmticos na nossa poltica externa. O Otvio gostou.

    Otvio Brandelli?

    Otvio Brandelli, do Itamaraty [Otvio Brandelli o secretrio-geral do Itamaraty, ou seja, o nmero dois do ministrio]. Um cara de f. Eu o levaria para a guerra comigo.

    O secretrio-geral tem sido um moderador ante a falta de rumo do Ernesto Arajo?

    Sim. O Brandelli respeitado como fora de moderao no Itamaraty.

    E o Filipe Martins, o assessor internacional do presidente? Qual tem sido o papel dele?

    O Filipe fica falando no ouvido do presidente. O negcio dele no Twitter.

    O presidente j escolheu quem vai indicar para procurador-geral?

    O presidente me disse que j tem o nome dele escolhido. Ele no me disse quem e nem eu perguntei. Minha sensao que no vai ser fora da lista trplice.

    Como est a relao dos senhores?

    tima. Eu entreguei para o presidente um documento meu, com ideias, planejamentos. Falei para ele: " s para voc. No discuta com ningum". Brinquei com ele que, se ele no gostar, pode triturar. Foram oito pginas, bati aqui no computador da sala.

    1 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa me: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memria: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vdeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  6. #4306
    Recursos Humanos de Belo Horizonte Avatar de RHBH
    Data de Registro
    Mar/2008
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    5.818
    Valeu/SFA
    Recebidos: 2.167/647
    Dados: 646/104
    https://www1.folha.uol.com.br/poder/...e-deltan.shtml

    Mesmo sem percia, STF pode usar em decises dilogos de Moro e Deltan



    - - - Atualizado - - -

    Q?

    Agora se eu for reprter e escrever umas mensagens e atribuir a algum famoso isso vira prova, SEM PERCIA pra saber se as mensagens so verdadeiras?

    Isso ignorando completamente que provas obtidas de maneira ilegal no tem validade jurdica.

    Que pas vivemos meus caros! Como que a suprema corte desse pas pode fundamentar uma deciso em cima de algo que nem teve seu contedo legitimado?

    T que nem a histria da Maria Chuteira l... acusa o jogador de estupro, no prova nada e tem gente estufando o peito igual pombo convencido que o cara estuprador.... MEDO....

    0 Not allowed! Not allowed!
    Corsair Carbide 500R / Seasonic M12II EVO 850W / ASRock Z97 Extreme6 / Intel Core i7 4790K / Corsair Hydro H60 / Corsair Vengeance Pro [4x8GB] / EVGA GTX 980 / SSD Samsung 970 PRO M.2 [1TB] / SSD WD Blue M.2 [1TB] / Samsung SpinPoint F3 [2x1TB - RAID 0] / Seagate Barracuda Compute [2x4TB - RAID 1] / WD Blue [500GB] / Creative Sound Blaster Z / Edifier C2 30W / Logitech G PRO Headset / Corsair Glaive Mice / Corsair K70 MK2 Keyboard / Corsair MM300 Mousepad / LG 34" Ultrawide 144Hz

  7. #4307
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    2.588
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    Bolsonaro: ‘Falei para Salles, mete a foice no Ibama’

    https://br18.com.br/bolsonaro-falei-...foice-no-ibama

    Em discurso durante evento na Fiesp, em So Paulo, o presidente Jair Bolsonaro defende a atuao do alguns de seus ministros cujas aes tem sido alvo de crticas. Ricardo Salles, atual titular da pasta do Meio Ambiente, por exemplo, estaria cumprindo ordens de Bolsonaro em seu tratamento com o Ibama. “Ricardo Salles est no lugar certo. Consegue fazer o casamento do Meio Ambiente com a produo. Eu falei para ele: ‘Mete a foice em todo mundo no Ibama. No quero xiita”, disse.

    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa me: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memria: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vdeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  8. #4308
    Recursos Humanos de Belo Horizonte Avatar de RHBH
    Data de Registro
    Mar/2008
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    5.818
    Valeu/SFA
    Recebidos: 2.167/647
    Dados: 646/104
    https://renovamidia.com.br/mensagens...o-adulteradas/

    Mensagens vazadas pelo The Intercept podem ter sido adulteradas


    0 Not allowed! Not allowed!
    Corsair Carbide 500R / Seasonic M12II EVO 850W / ASRock Z97 Extreme6 / Intel Core i7 4790K / Corsair Hydro H60 / Corsair Vengeance Pro [4x8GB] / EVGA GTX 980 / SSD Samsung 970 PRO M.2 [1TB] / SSD WD Blue M.2 [1TB] / Samsung SpinPoint F3 [2x1TB - RAID 0] / Seagate Barracuda Compute [2x4TB - RAID 1] / WD Blue [500GB] / Creative Sound Blaster Z / Edifier C2 30W / Logitech G PRO Headset / Corsair Glaive Mice / Corsair K70 MK2 Keyboard / Corsair MM300 Mousepad / LG 34" Ultrawide 144Hz

  9. #4309
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    2.588
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    Bolsonaro diz que presidente do BNDES est com 'cabea a prmio'
    Na opinio do presidente da Repblica, Joaquim Levy no tem sido 'leal' a ele: 'Eu j estou por aqui com o Levy'. Bolsonaro disse que mandou demitir diretor.

    https://g1.globo.com/politica/notici...um-tempo.ghtml

    O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sbado (15) que o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES), Joaquim Levy, est com a "cabea a prmio".

    Bolsonaro deu a declarao no momento em que deixava o Palcio da Alvorada, em Braslia, e se dirigia Base Area para viajar para o Rio Grande do Sul. O presidente desceu do carro, conversou com algumas pessoas e concedeu entrevista a jornalistas.

    Na entrevista, Bolsonaro, sem ser questionado, disse que mandou Joaquim Levy demitir o diretor de Mercado de Capitais do BNDES, Marcos Barbosa Pinto. Acrescentou que, se Barbosa Pinto no for demitido, ele, Bolsonaro, demitir Levy.

    "Eu j estou por aqui com o Levy. Falei para ele: 'Demita esse cara na segunda-feira ou demito voc sem passar pelo Paulo Guedes", disse o presidente.


    Em seguida, Bolsonaro acrescentou:

    "Governo tem que ser assim, quando bota gente suspeita em cargos importantes, e essa pessoa, como o Levy, vem h algum tempo no sendo leal aquilo que foi combinado e quilo que conhece a meu respeito, ele est com a cabea a prmio j tem algum tempo."

    Marcos Pinto, a quem Bolsonaro se referiu, foi chefe de gabinete de Demian Fiocca na presidncia do BNDES (2006-2007). Fiocca era considerado, no governo federal, um homem de confiana de Guido Mantega, ministro da Fazenda nos governos de Luiz Incio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

    Levy no BNDES

    Joaquim Levy tomou posse em janeiro como presidente do BNDES.

    Ainda no ano passado, quando Levy foi escolhido para o cargo, Bolsonaro disse que quem havia "bancado" a indicao dele era Paulo Guedes, atual ministro da Economia.

    Levy comandou o Ministrio da Fazenda no segundo mandato de Dilma Rousseff e deixou o cargo aps 11 meses.

    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa me: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memria: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vdeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  10. #4310
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localizao
    So Paulo
    Mensagens
    2.588
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    Agora a birra do Bolsonaro com a tomada de 3 pinos que foi implementada durante o governo Lula vai acarretar custos para toda a sociedade, espero sinceramente que isso no v adiante.

    Carlos Alexandre Costa precisa de prioridades, um novo padro de tomadas novamente s que dessa vez no governo bolsonaro significa mais custos para o consumidor, isso no deveria ser prioridade nem hoje e nem amanh para o governo.

    Medida populista, no tem como defender um troo desse.

    Tomada de trs pinos vira alvo das reformas do governo Bolsonaro
    https://olhardigital.com.br/noticia/...-3-pinos/86997
    https://www.valor.com.br/brasil/6309...erno-bolsonaro

    Mal o presidente Jair Bolsonaro havia anunciado o fim do horrio de vero, institudo pela primeira vez no Brasil em 1931, e seu assessor internacional, Filipe Garcia Martins, foi ao Twitter, no dia 6 de abril, para defender outras medidas de impacto: "Temos que nos livrar [agora] da tomada de trs pinos, das urnas eletrnicas inauditveis e do acordo ortogrfico".

    Poucas semanas depois, em meio s negociaes sobre a reforma da Previdncia, Bolsonaro foi pessoalmente ao Congresso entregar o projeto que modifica leis de trnsito, incluindo a exigncia de cadeirinha para crianas no banco traseiro. Agora, diante dos nmeros decepcionantes da economia, o governo resolveu se mexer: prepara uma norma para revogar o uso compulsrio da tomada de trs pinos - tambm chamada, por diversos assessores presidenciais, de "tomada do PT".

    "A sociedade brasileira, com toda legitimidade, rejeitou a tomada de trs pinos", diz o secretrio especial de Produtividade e Competitividade, Carlos Alexandre da Costa, que tem impulsionado as discusses. O padro (obrigatrio desde 2011) uma "excrescncia" e sua revogao no deve ser vista como algo meramente folclrico, segundo Costa. "No s um tema tcnico. um tema que afeta a segurana, a concorrncia e a produtividade."

    A nova mudana, entretanto, tem esbarrado em resistncia dos tcnicos. Trs fontes ouvidas pelo Valor contam que o secretrio tomou a iniciativa de pedir no incio do ano presidente do Inmetro, ngela Flores Furtado, uma manifestao da autarquia sobre o assunto. Uma anlise de impacto regulatrio, feita por servidores do Inmetro, teria sido desfavorvel a mais uma substituio dos plugues e tomadas no Brasil.

    Duas das trs fontes convergem no seguinte relato: ao apresentar essa anlise para Costa, no gabinete do secretrio no Ministrio da Economia, ngela recebeu uma bronca forte a ponto de ter sido percebida nas salas vizinhas.

    Depois disso, a presidente do Inmetro assinou uma nota tcnica em que ratifica a segurana do padro brasileiro, mas considera "tecnicamente vivel a disponibilidade de outro padro internacional de tomada". "Hoje existem no mundo 110 diferentes configuraes de padres adotados. Flexibilizar a adoo de outro padro de tomada preferido pelo consumidor, de acordo com a melhor aderncia aos plugues de seus equipamentos eletroeletrnicos, pode ser considerado", disse ngela, por meio da assessoria.

    Uma preocupao na equipe econmica a necessidade de se convocar um encontro do Conmetro - colegiado com nove ministros - para referendar a mudana. H quem veja, numa reunio como essa, sinal de que os ministros perdem tempo com discusses pouco importantes.

    Para Costa, trata-se de uma medida com potencial impacto sobre a produtividade, j que a tomada de trs pinos dificulta a entrada de equipamentos eltricos importados e aumenta os custos de adaptao. De acordo com ele, apenas 20% das tomadas de dois pinos foram efetivamente trocadas at agora. O secretrio descarta, porm, uma volta compulsria ao padro anterior e prefere flexibilizar o atual - ou adotar um terceiro, compatvel com os dois anteriores e com outros modelos j existentes no exterior. "O nosso nico no mundo", afirma. "Estamos na reta final [para decidir]. Se fosse fcil, j teramos decidido", acrescenta.

    Sobre a suposta reprimenda na presidente do Inmetro, Costa nega qualquer mal-estar com ela: "O que temos um debate saudvel". A assessoria de ngela foi na mesma linha. "No existem divergncias entre rea tcnica, a presidente do Inmetro e o secretrio Carlos da Costa. Ao contrrio, existe um debate salutar, envolvendo outras secretarias de governo, sobre a hiptese de flexibilizao, tais como: anlise tcnica, impacto sobre setor industrial e comercial, impacto na percepo do consumidor, bem como custo/benefcio para o mesmo, impacto em rgos reguladores envolvidos, e assim por diante."

    A postagem de Filipe Martins sobre medidas que vo alm do horrio de vero, como o fim da tomada de trs pinos e do novo acordo ortogrfico, teve quase 23 mil curtidas. Mas o comentrio mais popular ao tute foi a de um internauta chamado Mrio Cardoso: "Se der tempo, podiam arrumar uns 13 milhes de empregos tambm".

    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa me: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memria: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vdeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


Informao do Tpico

Usurios Navegando pelo Tpico

Existe(m) atualmente 5 usurio(s) navegando pelo tpico. (0 membro(s) e 5 visitante(s))

Regras de Postagem

  • Voc no pode postar novos tpicos
  • Voc no pode responder mensagens
  • Voc no pode postar anexos
  • Voc no pode editar suas mensagens
  •  
  • Cdigo BB est Funcionando
  • Smilies esto Funcionando
  • Cdigo [IMG] est Funcionando
  • Cdigo [VIDEO] est Funcionando
  • O cdigo HTML est Desativado