Página 3 de 12 PrimeiroPrimeiro 12345678910 ... ÚltimoÚltimo
Exibindo resultados 21 a 30 de 111

Tópico: Crise dos refugiados na Europa

  1. #21
    MAKE BTC GREAT AGAIN Avatar de nigo
    Data de Registro
    Mai/2003
    Localização
    São Paulo - SP
    Mensagens
    29.761
    Valeu/SFA
    Recebidos: 14.396/1.802
    Dados: 4.805/392

    5 Not allowed! Not allowed!
    SFA ®

  2. #22
    MAKE BTC GREAT AGAIN Avatar de nigo
    Data de Registro
    Mai/2003
    Localização
    São Paulo - SP
    Mensagens
    29.761
    Valeu/SFA
    Recebidos: 14.396/1.802
    Dados: 4.805/392
    Texto do blog Guga Chacra
    Sabemos que o bebê (menino) sírio Aylan al Kurdi, de três anos, foi encontrado em uma praia da Turquia depois de o barco no qual viajava para a Grécia naufragar. Sua mãe e seu irmão, de cinco anos, morreram. O pai sobreviveu.

    De onde era Aylan?

    Aylan nasceu em Kobani há dois anos. Esta é uma cidade curda da Síria na fronteira com a Turquia.

    O que aconteceu na cidade dele?

    No início da Guerra Civil, em 2011, o regime de Bashar al Assad concedeu autonomia para áreas curdas do país. Foi o caso de Kobani. No ano passado, porém, esta cidade foi alvo de uma ofensiva do ISIS (Grupo Estado Islâmico ou Daesh), que destruiu Kobani. A Turquia poderia ajudado, pois suas forças estavam do outro lado da fronteira, a poucos quilômetros, mas nada fez para impedir o avanço dos extremistas. A situação melhorou um pouco com a chegada dos guerreiros Pesh Merga (curdos iraquianos), de milícias xiitas iraquianas pró-Irã e de bombardeios dos EUA. Mas o cenário permaneceu instável.

    Por que a Turquia não ajudou?

    A Turquia tem uma postura ambígua em relação à Guerra da Síria. Por um lado, recebeu mais de um milhão de refugiados e construiu alguns dos melhores campos de refugiados da história da humanidade. Por outro lado, sírios reclamam de preconceito. Além disso, a prioridade do governo turco é o fim do regime de Bashar al Assad e o enfraquecimento dos curdos, não necessariamente a derrota do ISIS (Grupo Estado Islâmico ou Daesh). Por este motivo, não agiu para salvar vidas em Kobani.

    Qual a religião e a etnia da família de Aylan?

    Aylan era de uma família muçulmana sunita, de etnia curda. Isto é, não era árabe. O próprio sobrenome dele “Kurdi” quer dizer curdo. Para os curdos, a etnia costuma ter um peso maior do que a religião.

    Por que a família de Aylan não se refugiou na Turquia, no Líbano ou na Jordânia?

    O Líbano e a Jordânia ficam muito longe de Kobani. Teriam de cruzar uma série de áreas dentro do território sírio em guerra civil. Costumam ir para o Líbano os moradores de áreas próximas da fronteira libanesa. O mesmo vale para a Jordânia. E o Líbano e a Jordânia, apesar da boa vontade, são economias fracas, com dificuldade para integrar economicamente os refugiados – o Líbano também é uma nação com seus próprios problemas. Já de Kobani para a Turquia dá para ir andando. Mas, diante da má vontade dos turcos com os curdos e o desejo de uma vida melhor, o pai de Aylan pretendia ir para a Europa e, possivelmente, seguir para o Canadá.

    Por que o pai queria ir para o Canadá?

    Porque a irmã dele mora no Canadá e tem cidadania canadense. Ela juntou toda a documentação burocrática para levar a família do irmão, mas esbarrou na burocracia canadense e também no governo de Harper, atual premiê, que tem uma postura contrária a receber imigrantes e refugiados, indo contra a tradição canadense (Toronto é das cidades mais cosmopolitas e multiculturais do mundo).

    Ainda assim, valia a pena cruzar em um barco da Turquia para a Grécia, arriscando a vida de crianças?

    É fácil para nós falarmos a distância, sem termos vivenciado a Guerra da Síria ou a situação de refugiados curdos na Turquia. Sem dúvida, o pai de Aylan tinha alternativas, como ir para o Curdistão iraquiano ou mesmo permanecer no território turco. Afinal, a Turquia, com todos os seus defeitos, é uma economia emergente, como o Brasil, e com muitos curdos como o pai de Aylan. Mas o pai sonhava certamente com o Canadá, um dos países mais desenvolvidos do mundo, e devia ter confiança que, a partir da Europa, daria um jeito de chegar ao território canadense, onde seus filhos teriam oportunidades do futuro. Sua irmã certamente o ajudaria na adaptação

    Qual a lição?

    A lição é que, nas guerras, uma assinatura pode salvar vidas. Centenas de milhares de judeus se salvaram da Segunda Guerra porque alguém os ajudou. Outros seis milhões não tiveram a mesma sorte e morreram nas mãos dos nazistas. Mas, certamente, se mais pessoas tivessem ajudado os judeus (e os ciganos e os homossexuais), menor teria sido o número de vítimas do Holocausto. Portanto quanto mais pessoas agirem como Angela Merkel, da Alemanha, ou como o Líbano e a Jordânia, que recebem 1 milhão de refugiados cada um, mais bebês como Aylan sobreviverão. Quanto mais países agirem como a Hungria, Canadá e a Arábia Saudita, mais bebês como Aylan morrerão.

    Ontem escrevi que seria “moda” falar de Aylan porque muitos podem se esquecer de refugiados sírios em uma semana, assim como se esqueceram das meninas sequestradas pelo Boko Haram ou das vítimas de tantas guerras e tragédias naturais ao redor do mundo. Torço para que a história de Aylan e o drama dos refugiados sírios não caia no esquecimento (infelizmente, algumas pessoas foram incapazes de entender meu texto).

    E aqui gostaria de homenagear o Bruno Rizzi Razente e o José Estanislau do Amaral de Souza Neto, diplomatas brasileiros responsáveis pela Síria e atualmente baseados em Beirute. Vocês não têm ideia do quanto eles fazem para ajudar os refugiados. O mesmo vale para a Siham Harati, cônsul honorária do Brasil no Vale do Beqaa, que usa a sua própria casa para conceder ajuda aos refugiados que cruzam da Síria para o Líbano e desejam seguir viagem para o Brasil.

    Para completar, muitos refugiados sírios têm chegado ao Brasil e se integrado muito bem à sociedade brasileira, repetindo o que ocorreu com a imigração sírio-libane

    2 Not allowed! Not allowed!
    SFA ®

  3. #23
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    2.601
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30

    2 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa mãe: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memória: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vídeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  4. #24
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    2.601
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30

    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa mãe: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memória: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vídeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  5. #25
    Avatar de M3d0nh0
    Data de Registro
    Mar/2008
    Localização
    Joinville
    Mensagens
    2.319
    Valeu/SFA
    Recebidos: 2.337/109
    Dados: 1.280/45
    Minha mãe tem parentes na Alemanha e em uma visita recente relataram que já levaram até cuspidas na cara de imigrantes islâmicos. O que vejo são pessoas de países com séculos de práticas de intolerância pedindo asilo em países que alcançaram o desenvolvimento graças a liberdade de crença e opinião.

    Elas tem culpa de terem nascido nestes países?
    Não. Mas a maioria concorda com as práticas que levaram seus países ao caos em que se encontram.

    Só uma amostra do problema que estão para enfrentar depois que esses imigrantes começarem a praticar sua intolerância sendo defendidos pela tolerância dos ocidentais:

    http://oglobo.globo.com/mundo/imigra...o-mar-15892741

    Bônus para a galerinha que gosta de usar o termo "islamofobia"


    2 Not allowed! Not allowed!
    Última edição por M3d0nh0; em 08/09/2015 às 11:55.
    M3d0nh0´s BF1 machine < i5 6600K / Water Cooler Corsair H55 / msi Z170M ARMOR / 2 x 8GB Corsair Vengeance DD4 3000MHz / msi Geforce GTX 1080 X Gaming / SSD Kingston UV 400 480GB / CORSAIR RM650x / Aero Cool Aero1000 >

  6. #26
    Strafe abuser Avatar de Chacineiro
    Data de Registro
    Mar/2009
    Localização
    Floripa
    Mensagens
    6.885
    Valeu/SFA
    Recebidos: 6.585/117
    Dados: 4.821/321
    Citação Mensagem Original de M3d0nh0 Ver Mensagem
    Esta resposta está oculta porque você está ignorando este membro. Exibir Citação
    Minha mãe tem parentes na Alemanha e em uma visita recente relataram que já levaram até cuspidas na cara de imigrantes islâmicos. O que vejo são pessoas de países com séculos de práticas de intolerância pedindo asilo em países que alcançaram o desenvolvimento graças a liberdade de crença e opinião.

    Elas tem culpa de terem nascido nestes países?
    Não. Mas a maioria concorda com as práticas que levaram seus países ao caos em que se encontram.

    Só uma amostra do problema que estão para enfrentar depois que esses imigrantes começarem a praticar sua intolerância sendo defendidos pela tolerância dos ocidentais:

    http://oglobo.globo.com/mundo/imigra...o-mar-15892741

    Bônus para a galerinha que gosta de usar o termo "islamofobia"

    Imigração é uma coisa positiva quando feita de forma organizada, até porque os filhos desse pessoal radical aos poucos vão se convertendo a cultura mais liberal. Problema é quando a coisa sai completamente do controle.

    2 Not allowed! Not allowed!
    Fazendo Chacinas desde 1996!

  7. #27
    Avatar de carabina
    Data de Registro
    Jan/2008
    Localização
    Espírito Santo
    Mensagens
    7.510
    Valeu/SFA
    Recebidos: 6.585/1.612
    Dados: 4.218/354
    Se o cristianismo que prega o amor ao próximo, já tem alguns radicalistas aqui, imagina o Islã, que prega que se você morrer pela religião, você vai para Vahalla.

    O pior de tudo será daqui alguns anos, quando esses imigrantes começarem a ter filhos (esses caras tem muitos filhos) aí serão muçulmanos alemãos, ingleses, e não mais imigrantes. Sem contar o fato dos extremistas do ISIS infiltrados na galera.

    Se aqui na huelândia já tinha um grupo que financiava o ISIS, imagina na Europa (com Euro muito mais valorizado que qq moeda árabe) e esses milhões de imigrantes por lá.

    Se eu fosse Angela Merkel, eu já estaria fazendo um plano pra quando a merda toda explodir.

    1 Not allowed! Not allowed!

  8. #28
    Recursos Humanos de Belo Horizonte Avatar de RHBH
    Data de Registro
    Mar/2008
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    5.821
    Valeu/SFA
    Recebidos: 2.168/647
    Dados: 648/105
    Vão impor sua cultura na sua terra... Ah é... sua cultura acabou com sua terra...

    4 Not allowed! Not allowed!
    Corsair Carbide 500R / Seasonic M12II EVO 850W / ASRock Z97 Extreme6 / Intel Core i7 4790K / Corsair Hydro H60 / Corsair Vengeance Pro [4x8GB] / EVGA GTX 980 / SSD Samsung 970 PRO M.2 [1TB] / SSD WD Blue M.2 [1TB] / Samsung SpinPoint F3 [2x1TB - RAID 0] / Seagate Barracuda Compute [2x4TB - RAID 1] / WD Blue [500GB] / Creative Sound Blaster Z / Edifier C2 30W / Logitech G PRO Headset / Corsair Glaive Mice / Corsair K70 MK2 Keyboard / Corsair MM300 Mousepad / LG 34" Ultrawide 144Hz

  9. #29
    Kitten Hoarder Avatar de jonathan_zzpudimzz
    Data de Registro
    Mai/2010
    Localização
    Barra Mansa
    Mensagens
    3.880
    Valeu/SFA
    Recebidos: 2.554/182
    Dados: 10.761/644
    Citação Mensagem Original de carabina Ver Mensagem
    Esta resposta está oculta porque você está ignorando este membro. Exibir Citação
    O pior de tudo será daqui alguns anos, quando esses imigrantes começarem a ter filhos (esses caras tem muitos filhos) aí serão muçulmanos alemãos, ingleses, e não mais imigrantes. Sem contar o fato dos extremistas do ISIS infiltrados na galera.
    Nome:  1413050135439412.jpg
Vistos: 241
Tamanho:  72,1 kB

    Se eu fosse Angela Merkel, eu já estaria fazendo um plano pra quando a merda toda explodir.
    *Liga os fornos* rs
    Nome:  1406291998385.jpg
Vistos: 235
Tamanho:  98,7 kB


    O PRÓXIMO QUE FIZER ALEGAÇÃO SOBRE O NAZISMO AQUI VAI PASSAR UM BOM TEMPO NA GELADEIRA.

    0 Not allowed! Not allowed!
    Última edição por Harpia; em 16/09/2015 às 20:08. Razão: Advertência
    Meow! =^● ⋏ ●^==^● ⋏ ●^=Meow!
    tibia é gay, unica coisa que gostava de fazer no tibia era brincar de mobiliar casa - Pudim 2016

  10. #30
    Avatar de Brian Horrocks
    Data de Registro
    Mar/2013
    Localização
    São Paulo Brasil
    Mensagens
    150
    Valeu/SFA
    Recebidos: 128/1
    Dados: 281/2
    Tem muitos lobos em pele de cordeiros entre esses refugiados. A Europa está se tornando Eurábia, conheço histórias de pessoas que foram cumprimentar muçulmanos e receberam muita grosseria por exemplo: não falo com infiéis, não posso apertar a mão de um ímpio etc.




    0 Not allowed! Not allowed!

Informação do Tópico

Usuários Navegando pelo Tópico

Existe(m) atualmente 1 usuário(s) navegando pelo tópico. (0 membro(s) e 1 visitante(s))

Regras de Postagem

  • Você não pode postar novos tópicos
  • Você não pode responder mensagens
  • Você não pode postar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
  • Código BB está Funcionando
  • Smilies estão Funcionando
  • Código [IMG] está Funcionando
  • Código [VIDEO] está Funcionando
  • O código HTML está Desativado