FOR THE EMPEROR
FOR THE REICH
FOR THE DARK GODS
WAAAAAAAAAAARGHHHHH

Análise breve de TotalWar: Warhammer. (primeiras impressões)

Pontos Positivo:


- Unidades muito bem detalhadas e variadas, oq compensa em parte as poucas raças disponíveis na campanha (são apenas 5, O Império, Corte Vampírica, Reino Anão, Hordas do Caos e Tribo dos Pele-Verdes, leia-se Orks)
- coordenação de guerra funcionando perfeitamente, e são estonteantes essas batalhas com múltiplas raças.
- O Mapa de campanha reproduz bem o mundo de Warhammer.
- Economia e tecnologia totalmente customizada para cada facção, e oq se amolda a variados estilos de jogos e abrange qualquer gosto.
- A AI parece que se tornou ofensiva, incrível, as batalhas são novamente emocionante e muito puxadas ao meu ver.
- a diplomacia esta mais efetiva e com melhor funcionalidade.
- Várias opções secundárias (busca de batalhas estilo automatch etc)
-O game esta rodando mais suave.
- Os Heróis (antes denominados agentes) participam nas batalhas e depois de melhorados, de forma decisiva.


Pontos Negativos


- Poucos edifícios e uma grade econômica limitada e mais simplificada.
- Falta de formações específicas para os exércitos, basicamente, infantaria na frente ou atrás.
- Falta de reatividade das unidades para ataques laterais.
- O jogo esta cru no q se refere a raças/facções secundárias, podemos aguardar uma porrada de DLCs.
- Não ser possível algumas raças ocupar cidades de outras raças apenas dar raze. Ex: Império não pode dominar cidade anã (embora seja lógico, pessoalmente eu achei q limitou o game, ponto subjetivo meu.)

OBS: análise feita com minhas horas de jogos e leitura das opiniões positivas e negativas na steam.

Aguardo ( e cobro) uma análise mais detalha e profunda do meu amigo e camarada Herr Bison, o qual possui mais conhecimento técnico no q se refere a mecânica dos games grand strategy.