Página 12 de 12 PrimeiroPrimeiro ... 256789101112
Exibindo resultados 111 a 114 de 114

Tópico: Brexit

  1. #111
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    2.604
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    Reino Unido e UE chegam a acordo sobre conta do Brexit

    Segundo um jornal britânico, Theresa May aceitou pagar 57 bilhões de libras

    Fonte: http://veja.abril.com.br/mundo/reino...nta-do-brexit/




    Os negociadores do Reino Unido e da União Europeia (UE) chegaram a um princípio de acordo sobre o valor que os britânicos deverão pagar para deixar o bloco europeu. Segundo o jornal The Guardian, a primeira-ministra britânica, Theresa May, aceitou pagar a quantia de 57 bilhões de libras (245 bilhões de reais) de “multa”.


    Mais cedo, o jornal The Telegraph havia revelado, citando fontes dos dois lados da negociação, que o Reino Unido aceitou pagar entre 45 bilhões e 55 bilhões de euros (171 e 210 bilhões de reais). Os valores, contudo, não foram confirmados oficialmente.

    Um acordo sobre o valor a ser pago pelo Reino Unido se tornou um dos maiores obstáculos para o Brexit. Com a resolução sobre o valor final, porém, é provável que a proposta seja aceita pelos dois lados em uma cúpula europeia em 14 e 15 de dezembro.

    May espera que a UE aprove também o início da segunda fase do diálogo sobre o Brexit na reunião. Segundo o The Guardian, contudo, fontes próximas aos negociadores ainda não estão muito otimistas sobre o progresso na questão financeira.

    Os 27 países-membros da UE já afirmaram que a próxima fase de negociações só será iniciada se houver “avanços suficientes” em três questões da separação: a conta da saída, os direitos dos cidadãos e o status da fronteira entre Irlanda e Irlanda do Norte.

    Um porta-voz do Ministério para a Saída da UE do Reino Unido afirmou nesta terça que o diálogo entre as partes continuará ocorrendo nesta semana e que os dois lados esperam chegar a um acordo.

    Nos últimos dias, o status da fronteira irlandesa tem voltado a se tornar um empecilho para avançar nas negociações. O comissário europeu para Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, alertou nesta semana que Dublin pressionará para vetar esse avanço se o Reino Unido não der garantias da instalação de controles fronteiriços após o Brexit.

    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa mãe: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memória: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vídeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  2. #112
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    2.604
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    Acordo fechado para o Brexit

    Reino Unido e UE fecharam o acordo do Brexit.

    Segundo o Financial Times, Theresa May concordou pagar de 40 a 60 bilhões de euros pelo divórcio.

    Além disso, o Reino Unido vai garantir direitos especiais a 4 milhões de residentes europeus.

    https://www.oantagonista.com/economi...para-o-brexit/

    "Brexit": os principais pontos do acordo



    Fonte: https://www.publico.pt/2017/12/08/mu...acordo-1795354

    Eram três os temas fundamentais da primeira fase de negociações sobre a saída do Reino Unido da União Europeia.

    Cidadãos europeus

    Segundo o acordo, qualquer cidadão da UE que tenha chegado ao Reino Unido antes do ‘Brexit’ mantém todos os direitos de residência e de trabalho, o mesmo sucedendo em relação aos respectivos filhos. Os seus direitos, incluindo o acesso a benefícios sociais, permanecerão na essência inalterados, o mesmo se aplicando aos cidadãos britânicos a viver nos países da União Europeia.

    No entanto, o documento estabelece limites mais apertados aos direitos de "reunificação" dos cidadãos da UE em relação aos membros da família que queiram viver também na Grã-Bretanha. Isto acontece porque se o Reino Unido aplicasse as regras da UE nesta área, na prática seria mais fácil para os cidadãos da UE trazer membros da família para a Grã-Bretanha do que para os cidadãos britânicos fazer o mesmo no sentido contrário.

    As negociações deverão continuar na segunda fase, com a Grâ-Bretanha interessada em garantir novos direitos para os seus cidadãos, e União Europeia empenhada em que se mantenha o direito de residência permanente, mesmo depois de longos períodos de ausência do país anfitrião.

    Os cidadãos com documentos de residência permanente devem obter novos gratuitamente. A igualdade de tratamento abrangerá direitos em matéria de segurança social, saúde, emprego e educação

    Acordo financeiro

    O acordo financeiro prevê que o Reino Unido irá honrar os compromissos assumidos enquanto Estado-membro e contribuirá para o quadro financeiro que caduca em 2020. Ou seja, o Reino Unido concorda em continuar a pagar normalmente o orçamento da União Europeia nos anos de 2019 e 2020.

    As partes chegaram ainda a acordo sobre os princípios para calcular a factura de saída – o documento não refere um valor concreto, mas a estimativa agor avançada pelo jornal Guardian refere valores entre entre os 35 mil e os 39 mil milhões de libras (40 mil a 45 mil milhões de euros).

    O acordo também abrange outras questões financeiras, como o reembolso gradual, em 12 parcelas anuais, do capital integral do Reino Unido no Banco Europeu de Investimento. "A responsabilidade do Reino Unido será limitada às decisões sobre cada operação financeira adoptada antes da data da retirada". Para evitar uma interrupção das operações do Banco Europeu de Investimento, a Grã-Bretanha garantirá um montante igual ao capital exigível, com essa garantia a ser gradualmente diminuida ao longo do tempo.

    Irlanda/Irlanda do Norte

    O acordo de princípio alcançado garante, por outro lado, que não existirá uma fronteira física com controlos alfandegários entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte. Deixa também claro que todo o Reino Unido, incluindo a Irlanda do Norte, deixará a união aduaneira. Não deixa é claro como é que uma fronteira aberta será alcançada, mas refere que, na ausência de um acordo posterior, o Reino Unido garantirá o “alinhamento total” das regras da união aduaneira e do mercado único respeitantes ao acordo.

    Fica a garantia que não haverá “novas barreiras regulatórias” para os negócios da Irlanda do Norte em relação ao resto da Grã-Bretanha. Ambas as partes perfilham que o acordo de 1998 reconhece o direito de nascimento de todas as pessoas da Irlanda do Norte serem irlandesas, britânicas ou ambas.

    1 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa mãe: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memória: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vídeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  3. #113
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    2.604
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30
    Conheça as próximas etapas da negociação do Brexit

    Durante o Conselho Europeu de 22 e 23 de março, os 27 países da UE aprovaram as diretrizes para a futura relação que desejam com o Reino Unido, abrindo a via para as negociações para depois do Brexit




    Londres, Reino Unido - A seguir, o calendário provisório das negociações do Brexit, sujeito a eventuais acontecimentos que podem ocorrer antes da saída efetiva e definitiva do Reino Unido do bloco europeu, prevista para 29 de março de 2019.

    Durante o Conselho Europeu de 22 e 23 de março, os 27 países da UE aprovaram as diretrizes para a futura relação que desejam com o Reino Unido, abrindo a via para as negociações para depois do Brexit, que vão se desenrolar em paralelo às relativas às condições do divórcio.

    2018

    - 17 de abril: reunião de ministros de Assuntos Europeus da UE para fazer um balanço do caminho percorrido nas negociações do Brexit.
    - 29-29 de junho: cúpula europeia, na qual os 27 deverão avaliar se a questão da fronteira entre a província britânica da Irlanda do Norte e a República da Irlanda está resolvida.
    Os britânicos aceitaram incluir no rascunho de acordo que está na mesa a opção de um "espaço regulamenta comum" entre UE e Irlanda do Norte, a menos que se encontre outra solução satisfatória.
    - 18-19 de outubro: nova cúpula europeia, data-limite fixada por Michel Barnier para concluir as negociações e alcançar um acordo que inclua a transição, ao qual se somaria uma declaração política - sem valor jurídico - que defina o marco da futura relação.

    Com isto, os Estados-membros poderiam validar o acordo e submetê-lo à aprovação do Parlamento Europeu. Reino Unido também o apresentará no seu Parlamento.

    O ministro britânico encarregado do Brexit, David Davis, afirmou que apontava mais para "o último trimestre" do ano.

    2019

    - 29 de março: o Reino Unido deixa a União Europeia. Começa o período de transição, no qual as regras europeias continuarão em vigor no Reino Unido. Mas, ao se tornar um país externo ao bloco, Grã-Bretanha poderá iniciar oficialmente as negociações comerciais com países de fora da UE.

    Por outro lado, durante este período, os cidadãos britânicos que vivem no bloco e europeus dos 27 que vivam no Reino Unido se beneficiarão dos mesmos direitos e garantias de quem tinha chegado antes do Brexit.

    2020

    - 31 de dezembro: termina o período de transição.

    2021

    - 1 de janeiro: se tudo acontecer dentro do previsto, entram em vigor os tratados sobre a nova relação entre Londres e a UE, que deverão ter sido validados pelo conjunto dos parlamentos nacionais da UE. A partir de então, o Reino Unido poderá concluir seus acordos comerciais com outros países.

    Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br...o-brexit.shtml

    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa mãe: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memória: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vídeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


  4. #114
    Avatar de brender
    Data de Registro
    Abr/2013
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    2.604
    Valeu/SFA
    Recebidos: 1.010/49
    Dados: 441/30

    0 Not allowed! Not allowed!
    Processador: i5 6600k Skylake | Cooler: Cooler Master Hyper 212x | Placa mãe: ASRock Fatal1ty Z170 Gaming K6 | Memória: 2x Kingston HyperX Fury DDR4 8gb 2133mhz - HX421C14FB2/8 |Placa de vídeo: Gigabyte GTX 770 WindForce OC 2 GB | HD: Western Caviar Blue 1 TB - 7200 RPM - 64 mb - SATA III | Fonte: Corsair TX750w V2 | Gabinete: NZXT Source 530 Full Tower |
    Ventoinha: 9x Cooler Master SickleFlow X 120mm / 12cm - 2000 RPM | Mouse: Logitech G502 | Teclado: Logitech Deluxe Desktop PS2 | Microfone: Zalman Zm-Mic1


Informação do Tópico

Usuários Navegando pelo Tópico

Existe(m) atualmente 1 usuário(s) navegando pelo tópico. (0 membro(s) e 1 visitante(s))

Regras de Postagem

  • Você não pode postar novos tópicos
  • Você não pode responder mensagens
  • Você não pode postar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
  • Código BB está Funcionando
  • Smilies estão Funcionando
  • Código [IMG] está Funcionando
  • Código [VIDEO] está Funcionando
  • O código HTML está Desativado